Varacast #73 – Oscar 2021

Varacast #73 – Oscar 2021

No dia 25/04/2021 ocorreu a cerimônia da 93ª edição do Oscar e a premiação desse ano foi bem diferente, presencial no meio da pandemia com restrições de pessoas. No Varacast #73 a POCILGA reuniu seus porcolunistas Ramon, Bianca Nascimento e Mario Bastos para comentar os melhores e piores momentos do evento, além de discutir os vencedores da noite.

Para ouvir basta dar o play logo abaixo:

Neste episódio:

Ramon assume mais uma vez o papel de host e conta que gostou da diversidade dos indicados, Mario assume sua idade lembrando de outras cerimônias que assistiu e afirma que gostou da que ocorreu em 2021, enquanto Bianca fala das surpresas e lembra do poder da Netflix e da importância dos documentários.

Agora também no Spotify:

Disponível também no Youtube:

Comentado no programa:

Indicados ao Oscar já comentados na POCILGA

Oscar 2021

Para não perder nenhum episódio:

Assine nosso podcast no AiTãnes iTunes
Assine nosso podcast no Android
Assine nosso podcast por email
Página do Varacast no Anchor
Assine em seu leitor rss favorito
Assine TODOS os podcasts da Rede POCILGA aqui

Rede POCILGA de Podcasts

Rede POCILGA de Podcasts

A Rede POCILGA de podcasts engloba diversos programas que estão sob o signo do Bacon: O Varacast sobre cultura pop e assuntos correlatos, o Suco de Umbivis sobre baianidades e cultura e o Radiola Torremos sobre música são nossos principais programas.

Um comentário em “Varacast #73 – Oscar 2021

  1. Eu só quero deixar minha opinião aqui: Enquanto editava o podcast e ouvia as opiniões, me dei conta de algumas coisas que foram relevantes para as avaliações de algumas pessoas:
    – Uma atriz filmou grávida
    – Um ator mereceu o prêmio por conta da idade
    Chadwick Boseman só poderia vencer o prêmio por ter morrido? Eu discordo e não só por conta do identitarismo, mas o HOMEM GRAVOU ENQUANTO ESTAVA MORRENDO DE CÂNCER. Não é capricórnio ou peixes, o cara fez duas excelentes atuações que foram comentadas num nível que elevou as expectativas para a premiação. Ele se superou para terminar as filmagens e quase ninguém sabia o que tava acontecendo, muito diferente de outras situações. Não tenho dúvidas de que se fosse branco teria vencido, mas é minha opinião
    Inclusive, acho que Kaluuya e Stanfield foram inscritos como coadjuvantes para não tirar a chance de Chad. Pra mim seria o mais óbvio.
    Abraços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: