Review | This Is Us – 6×01: The Challenger

Review | This Is Us – 6×01: The Challenger

A quinta temporada de This Is Us terminou com reviravoltas que nos deixaram pensando em inúmeras possibilidades. É algo que o seriado faz com maestria. Teorias já foram criadas e debatidas e agora chegou o momento de obter respostas. Aos poucos.

Estamos diante do início do fim. A doença de Rebecca provavelmente será o grande assunto dessa última temporada, mas tem muita coisa ainda a ser explorada.

Aviso de SPOILERS

Os comentários a seguir falam sobre acontecimentos narrados em The Challenger, o primeiro episódio da sexta temporada de This Is Us.

O desastre da Challenger e o Big Three

O lançamento do ônibus espacial Challenger em 1986 era um evento ansiosamente aguardado, principalmente pelas crianças. Apenas 73 segundos após decolar ele explodiu e chocou milhões de telespectadores ao redor do mundo. A comoção foi ainda maior pela presença de uma civil entre os astronautas. Era a professora Christa McCauliffe que, dentre 11 mil professores, foi a escolhida para fazer parte do projeto de dar uma aula direto do espaço.

Quem estava com os olhos grudados na TV era “O Grande Trio”. Kevin, Kate e Randall estavam empolgados degustando um açucarado Tang no café da manhã quando o desastre aconteceu. É interessante observar como cada um reagiu de forma diferente ao encarar a morte pela primeira vez. Jack e Rebecca manejaram a situação da melhor forma possível e se surpreenderam com as reações dos filhos.

Desde criança Randall já apresentava uma tendência a generosidade. Ele ficou preocupado em relação aos filhos da professora/astronauta que morreu. Será que eles teriam comida essa noite? Randall pediu para a mãe dar macarrão para eles para garantir que não passariam fome. Kate buscou ver o lado positivo com o sentimentalismo comum dela: eles morreram, mas já estavam perto do céu. E Kevin botou um mecanismo de defesa para fingir que era tudo mentira.

This is Us utilizou de forma magistral um acontecimento trágico para nos mostrar as diferentes personalidades dos irmãos.

Randall e o Apanhador no Campo de Centeio

Não adianta. Nosso Randall é essencialmente bom e ele sempre vai procurar ajudar os outros. Gostei dessa comparação com o personagem Holden Caulfied. Holden e Randall são completamente diferentes na maioria das coisas. Holden era um adolescente nervosinho que desconfiava de tudo e se deprimia com qualquer coisa, mas ele sempre queria proteger os mais fracos, principalmente as crianças. Ele queria ser um apanhador no campo de centeio para impedir que as crianças caíssem no precipício.

E Randall almeja abraçar o mundo, algo que nem sempre traz resultados positivos. Aqui ele trocou a comemoração do aniversário com Beth por confrontar o ladrão que o traumatizou.

É claro que Randall conversou com o cara e sentiu pena em vez de raiva. Como vereador, são pessoas assim que ele deseja ajudar. Ele quer realmente fazer a diferença na comunidade e parece que esse vai ser o foco da trama dele.

Kevin e a nova dinâmica com Madison

Então Kevin está morando na garagem de Madison para ficar mais próximo dos filhos.

Isso propicia encontros inusitados, como ver Madison tendo uma conversa agradável com um autoproclamado geek que gosta de literatura fantástica. Kevin talvez não tenha superado totalmente o seu quase casamento, mas pelo jeito está na hora.

As sequências de Kevin renderam os momentos mais divertidos do episódio, inclusive quando ele vai falar com um produtor sobre um reboot de The Nanny. Reboot de uma série que acabou só faz 5 anos é bem bizarro, né? Mas parece ser a chance para ele se reerguer.

E sobrou tempo para uma referência elogiosa ao ótimo Better Call Saul.

Katoby?

Outra grande surpresa do fim da quinta temporada foi ver Kate se preparando para casar com o chefe dela e não com o Toby. O relacionamento a distância deu ruim? Toby morreu? Ela se apaixonou perdidamente pelo chefe? Aliás, há algo de divertido nesse humor britânico dele, não é mesmo?

Toby está atolado de trabalho em San Francisco e tenta manter-se próximo como pode. Kate fica um pouco decepcionada por ele não estar presente fisicamente em seu aniversário de 41 anos, mas pelo menos ele ofereceu um presente bacana: uma massagista cuja mão é tão firme como a de um jogador de linha ofensiva – sempre essas referências ao futebol americano! Foi legal, mas a verdade é que ela queria o bom e velho Toby dos gestos grandiosos e que sempre aparece.

E não é que ele brotou no momento derradeiro? Seria esse um indício de que ele pode aparecer no último minuto do casamento de Kate? Ok, meio novelão mexicano isso, mas seria marcante.

Ah. E o que dizer do emocionante presente que Kate ganhou de seus alunos? Muito bom!

Becca e o maldito do último vagão

Rebecca passou o episódio inteiro tentando lembrar o nome do último vagão do trem.

Era algo natural para ela, afinal ela passeava de trem com o pai quando criança e ficava empolgada ao visitar esse último vagão. Além disso, Becca costumava ler uma história infantil para os filhos que tinha esse nome no título. E nada de lembrar. Branco total.

Foi doloroso vê-la absolutamente alheia às coisas ao redor enquanto tentava recordar o nome daquele infernal vagão vermelho. Ela lembrava das situações, mas o nome estava literalmente embaçado. Depois de muito esforço, ela conseguiu… CABOOSE!

Infelizmente, essa alívio momentâneo não diz muita coisa. O alzheimer avança implacavelmente e todos começam a entender que em breve Rebecca não vai ser a mesma pessoa.

Vamos ver como eles irão lidar com isso. Provavelmente, tudo acabará naquela cabana e o caminho irá reservar momentos realmente intensos.

Estamos preparados?

This Is Us – 6×01: The Challenger

Esse início de sexta temporada revela que o foco principal será Becca e o avanço de sua doença, o que dará uma bela oportunidade para Mandy Moore brilhar.




Série: This Is Us
Temporada:
Episódio: 01
Título: The Challenger
Roteiro: Dan Fogelman
Direção: Ken Olin
Elenco: Milo Ventimiglia, Mandy Moore, Sterling K. Brown, Chrissy Metz, Justin Hartley, Susan Kelechi Watson, Chris Sullivan, Ron Cephas Jones, Jon Huertas, Alexandra Breckenridge, Niles Fitch, Logan Shroyer, Hannah Zeile, Mackenzie Hancsicsak, Parker Bates, Eris Baker, Faithe Herman, Lonnie Chavis, Melanie Liburd, Lyric Ross, Asante Blackk, Griffin Dunne, Caitlin Thompson e Chris Geere

brauns

brauns

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

2 comentários sobre “Review | This Is Us – 6×01: The Challenger

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: