Review | Cannon Brawl

Review | Cannon Brawl

Cannon Brawl é um jogo de ritmo frenético e que mistura muito bem “artilharia e destruição” com estratégia em tempo real (RTS – Real Time Strategy). Desenvolvido pelo estúdio indie Temple Gate Games e com distribuição e porting da BlitWorks, o game teve seu lançamento para o Nintendo Switch no dia 14 de abril de 2021. 

Após sucesso nos PCs, Cannon Brawl (também disponível no Xbox One e PlayStation 4) lembra outros clássicos como Worms ou Starcraft. Ele pega o melhor de cada um desses RTS e funde num jogo que diverte e tem uma curva de aprendizado bastante simples. Para aqueles que gostam de jogos com ritmo rápido, é uma bela pedida.

O mais incrível é que ele foi desenvolvido por uma equipe de apenas três pessoas. “Cannon Brawl é o jogo que sempre quisemos que existisse“, disse Peter Angstadt, programador e co-fundador da Temple Gate Games. Segundo ele, o jogo combina duas mecânicas de jogos atraentes com resultados explosivamente divertidos. E para quem experimenta algumas partidas, é difícil discordar.

Sobre o jogo

Em Cannon Brawl, o jogador tem que assumir o papel de um personagem que pilota um dirigível para construir e, claro, também destruir coisas. Enquanto o seu adversário está se armando e preparando-se para detonar seu castelo, o jogador pilota através da tela para construir suas minas de ouro, posicionar seus canhões, lança mísseis e outras construções que vão auxiliar a vencer a partida. Ao todo são mais de 10 opções de personagens/dirigíveis (cada um com suas habilidades especiais) e mais de 15 armas e defesas disponíveis. O leque de opções de estratégia são bastante variados.

No modo campanha é possível começar uma espécie de tutorial, que já é uma partida para você vencer. Os textos possuem fonte e tamanho bastante grandes e legíveis e que auxiliam no entendimento das mecânicas do jogos que são bastante simples. A curva de aprendizado é muito rápida, basta uma ou duas partidas e o jogador já entende tudo o que precisa para explodir o castelo do inimigo. 

Apenas após algumas partidas outras armas e defesas, além de novos heróis e heroínas também, são liberados ampliando as possibilidades estratégicas. Chega em um momento que as de construções são maiores do que a quantidade que você pode usar na partida, e é aí que o jogo começa a ficar mais interessante. Saber escolher bem vai ajudar você a vencer partidas de forma mais rápida. Claro, da mesma forma, escolher errado pode fazer seu castelo ser detonado em questão de minutos.

Características e Modos de jogo

O modo campanha é mesmo a melhor maneira de conhecer as mecânicas e aprender a jogar Cannon Brawl. São muitas batalhas contra inimigos com habilidades diferenciadas que vão exigir estratégias diferentes e velocidade nas decisões. A história vai sendo contada durante as 20 missões disponíveis que se passam em um total de cinco ambientes variados. Enquanto enfrenta chefes poderosos e armas devastadoras, o jogador vai ampliando o seu arsenal de armas e também alguns aliados.

O modo multiplayer é uma boa pedida para depois que o jogador tiver desbloqueado alguns dirigíveis e armas disponíveis. As partidas podem ser jogadas com amigos ou procurando rivais disponíveis online. Como a versão que testei para a POCILGA era a do Switch e não possuo o plano para jogar online da Nintendo, não pude experimentar esse modo, mas tirando pelo jogo single player, posso apostar que o modo online deve ser ainda mais divertido.

Cannon Brawl vale a pena?

Para quem gosta de jogos de ritmo rápido e, principalmente, adora um bom RTS, Cannon Brawl é um jogo bastante divertido. Entre gerenciamento de recursos, controle de território e melhoramento de armas, os jogadores encontrarão aqui uma bela diversão. Um mergulho bem vindo num mundo de fantasia e caos explosivo. 

Se pensarmos nos momentos atuais e todas as coisas que estamos tendo que suportar, nada melhor do que explodir construções, detonar castelos e navios altamente armados embalados por uma trilha sonora digamos, inesperada. 

Cannon Brawl está disponível em diversas plataformas, veja o trailer abaixo para conhecer um pouco mais desse divertido RTS.


Cannon Brawl

Desenvolvido por: Temple Gates Games LLC
Distribuido por: BlitWorks
Programador: Pete Angstadt
Artista: Theresa Duringer
Música: Rich Vreeland
Twitter: twitter.com/Temple_Gates
Facebook: facebook.com/TempleGatesGames
YouTube: youtube.com/channel/UCE_ZaWoWAGlN_j6EsyKIxmw

Marcio Melo

Marcio Melo

Vejo filmes que ninguém conhece, escrevo contos que ninguém lê e torço por um time que nunca vence.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: