Crítica | Entre Realidades (Horse Girl)

O título nacional “Entre Realidades” mergulha na proposta do filme “Horse Girl” e contribui para levar o espectador a ter os mesmos sentimentos da personagem principal interpretada por Alison Brie. A atriz não só atua como também assina o roteiro e a produção junto com os irmãos Duplass. Disponível na Netflix, é um daqueles filmes bem produzidos e que conseguem manter a história ‘viva’ mesmo depois do encerramento.

Na trama somos apresentados a Sarah (Alison Brie, O Artista do Desastre), uma mulher que é vista como “esquisita” e com poucas habilidades sociais. Ela trabalha como vendedora numa loja de artes e itens de decoração e divide apartamento com outra garota que tenta lhe apresentar a um rapaz, apesar de claramente ela se sentir mais à vontade na companhia de cavalos ou “presa” dentro de casa vendo sua série de crime favorita.

Sonâmbula, Sarah começa a se preocupar quando uma sequência de estranhos sonhos vívidos começa a lhe atormentar. É aí então que ela começa a questionar o que é real ou não. Será que é um plano de alienígenas que estão querendo abduzi-la ou ela simplesmente está seguindo os passos de sua mãe, que foi diagnosticada no passado de sofrer problemas psicológicos?

Conversar sobre problemas psicológicos é uma tarefa complicada, mas o diretor Jeff Baena consegue trabalhar bem com o elenco e dirige o filme de maneira bem competente. Entre Realidades não cai no simples melodrama ou ‘passa do ponto’. Nada disso, é um filme doce e que consegue transmitir muito bem o que a protagonista está sentindo, “culpa” também da excelente atuação da atriz Alison Brie.

Sem fazer nenhum tipo de julgamento moral, “Entre Realidades” consegue ir além e apresenta um interessante roteiro que brinca com o espectador. Se o desenvolvimento no primeiro ato leva todos a acreditar numa única e inegável verdade, com o decorrer da história algumas certezas começam a serem questionadas. Será tudo loucura ou realmente tem algo mais por trás de tudo isso?

Existe uma cena já quase no desfecho do filme, que remete a um acontecimento no início da história, que talvez apenas os mais atentos possam perceber. É nesse momento que esta pequena obra, perdida ali entre as milhares de opções de um catálogo infinito de decepções que a Netlfix oferece, vai um pouco além do que se espera em um produção como esta. É nessa hora que você se pergunta se o peão continua girando ou não.



Uma Frase
: Você acredita em abduções alienígenas?

Uma Cena: Quando a amiga de Sarah nota do lado de fora da loja um cavalo passando em frente.

Uma curiosidade: Seguindo o que fez em seus filmes anteriores, Jeff Baena entrou um roteiro com um esboço bastante detalhado, mas deixou os atores livres para improvisar nos diálogos.

.


Entre Realidades (Horse Girl)

Direção: Jeff Baena.
Roteiro: Jeff Baena e Alison Brie.
Elenco: Alison Brie, John Reynolds, Debby Ryan, Molly Shannon, John Ortiz, Jay Duplass, Robin Tunney, Paul Reiser, Matthew Gray Gubler, Meredith Hagner, Dylan Gelula, David Paymer, Jake Picking, Angela Trimbur e Lauren Weedman.
Gênero: Mistério, Drama.
Ano: 2020.
Duração: 104 min.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *