Resenha de Livro | Choque de Cultura – 79 Filmes pra assistir enquanto dirige

Achou que não ia ter resenha do livro do Choque de Cultura aqui na POCILGA? Achou errado, otário!

O livro Choque de Cultura – 79 Filmes pra assistir enquanto dirige inicialmente parece uma forma do grupo da Tv Quase se legitimar enquanto artistas, como muitos outros YouTubers fizeram. Ou então uma oportunidade de aproveitar o sucesso do programa da Internet que migrou para a tv aberta, com episódios sendo produzidos pela Rede Globo. No entanto, a tentativa de migrar o humor de mídia foi um sucesso. Eles souberam muito bem transpor o estilo de comédia apenas no formato texto.

Como o próprio nome diz, o livro reúne textos sobre 79 filmes que foram cuidadosamente selecionados para serem assistidos enquanto o leitor estiver dirigindo. Bom, para quem não sabe do que se trata o Choque de Cultura, é um programa onde 4 pilotos do transporte alternativo falam sobre cultura, com um foco maior na sétima arte. Cada uma das “críticas” é escrita por um deles e as obras-cinematográficas escolhidas passam por diversos estilos e épocas, indo de clássicos Taxi Driver, passando pelo cinema nacional em Inspetor Faustão e o Malandro, chegando a títulos mais recentes como Planeta dos Macacos: A Guerra.

O próprio título do livro já é uma piada e faz uma conexão com o programa no YouTube. Inicialmente seriam 80 filmes, no entanto Julinho não entrou a crítica de Se eu fosse você 2, então ficaram apenas 79. Para compensar, eles fizeram um episódio sobre esse “clássico” do cinema brasileiro – que depois pode ser “impresso” e colocado junto com a obra-literária.

Pensando no leitor que por acaso não conheça o programa Choque de Cultura, o livro começa com um texto de cada um dos pilotos contando um pouco sobre sua própria vida. Olha aí a informação! Inicialmente isso parece desnecessário, no entanto serve para o estilo de escrita de cada personagem já ficar claro.

A interpretação deles sobre os filmes é hilária! Já no título dos capítulos, cada um sobre um determinado filme, é apresentado o humor absurdo e inteligente. Citando apenas a primeira obra-cinematográfica citada – para não dar SPOILERS do livro, o longa Matrix é definido como “o cara ouve música, usa droga e voa” por Rogerinho do Ingá – o apresentador do Choque de Cultura.

Como todos os integrantes da Tv Quase tem experiência como escritores de programas humorísticos, como o próprio Choque de Cultura, a qualidade dos textos do livro é excelente. Obviamente os autores usam um estilo mais informal, para combinar com o estilo dos próprios personagens.

E o humor não está presente apenas nos textos e nas interpretações, mas também em detalhes como nos desenhos contidos no livro atribuídos a Renanzinho – filho do piloto Renan -, assim como nos créditos dos filmes – que em alguns momentos têm erros propositais. Ainda temos um glossário fundamental do cinema mundial, escrito por Maurílio, com uma ótima explicação sobre alguns termos para os amantes da 7ª arte.

Recado final

Se você é fã do humor do Choque de Cultura e é fã da 7ª arte, não pode deixar de ler 79 Filmes pra assistir enquanto dirige. Humor de qualidade para o público jovem (mas também para os mais velhos, menos os idosos – que são covardes!).



Título: Choque de Cultura – 79 Filmes pra assistir enquanto dirige
Autor: Caíto Mainier, Daniel Furlan, David Benincá, Fernando Raiha, Juliano Enrico, Leandro Ramos, Pedro Leite e Raul Chequer
Editora: Galera
Número de páginas: 240

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *