Crítica | Sexy por Acidente (I Feel Pretty)

Estamos em 2018 e as mulheres ainda lutam por direitos iguais aos dos homens. Infelizmente esse é apenas um entre outras tantas reivindicações delas. Mas sem dúvidas uma das coisas mais cruéis está relacionada à cultura da valorização do corpo. Sexy por Acidente, novo filme protagonizado pela comediante Amy Schumer, toca justamente nesse tema. Quantas mulheres estão insatisfeitas com sua forma física e sofrem com isso levando à baixa autoestima, depressão, vergonha, entre outros sintomas.

Felizmente a comédia estrelada por Schumer e dirigida pela dupla Abby Kohn e Marc Silverstein usa o tema de forma leve, quase como uma fábula do mundo real, mas deixando bem claro sua crítica às imposições que a mulher sofre em relação ao próprio corpo.

Schumer interpreta Renee Bennett, uma mulher que não se considera atraente e luta com a insegurança relacionada à sua aparência. A moça trabalha como gerente do site de uma empresa de cosméticos em um escritório localizado em um porão. Seu sonho é trabalhar na sede da empresa ao lado de Avery LeClaire (Michelle Williams), diretora da companhia. Quando bate a cabeça no chão após uma queda durante uma aula de spinning na academia Renee acha que, como em um conto de fadas, se transformou em uma mulher bonita. Sua vida muda completamente agora que ela se tornou autoconfiante e ela terá sua chance de trabalhar no lançamento de uma nova linha de cosméticos da LeClaire.

O filme segue uma linha que mistura fórmulas de comédias romântica com uma leve pegada de fábulas. Um bom exemplo é o clássico dos anos 1980 “Quero ser grande”, estrelado por Tom Hanks, onde um garoto tem seu desejo atendido e vira adulto. O pedido de Renee é ficar bonita, ela é atendida, mas a única mudança é psicológica.

A trama também lembra bastante “O Amor é Cego“, estrelado por Jack Black e Gwyneth Paltrow, onde o rapaz começa a enxergar a “beleza interior” das pessoas e se apaixona por uma mulher acima do peso achando que ela é magra. Apesar de tanto o personagem de Black como o de Schumer terem apenas mudanças de teor psicológico, aqui o ponto de vista feminino deixa a trama mais “realista”. Amy Schumer é uma mulher bonita, mas levando em consideração o padrão de beleza de Hollywood ela seria considerada “gordinha”. Então o espectador consegue se identificar melhor com o “drama” da protagonista e isso faz com que as piadas sejam mais interessantes e divertidas.

Sexy por Acidente, foto

Apesar de ser também uma comédia romântica, Sexy por Acidente surpreende por concentrar sua narrativa em torno da vida de Renee. Ela não quer ficar bonita para conquistar um homem, mas sim para ser feliz e ter o emprego do seus sonhos. Arrumar um namorado é apenas uma consequência natural da transformação.

Amy Schumer constrói uma personagem muito interessante e com um drama real, mesmo que seja apresentado na forma de comédia. A atriz equilibra bem seu lado comediante com o dramático entregando uma ótima performance. O elenco secundário também está bem e o principal destaque fica por conta de Michelle Williams que faz com que sua Avery LeClaire fique no limite do caricato, com um vozinha aguda sensacional que garante boas risadas sempre que está em cena, garantindo o bom humor sem comprometer a personagem, mostrando que ela é uma grande atriz.

O roteiro, também escrito pela dupla de diretores, tem uma premissa incrível e uma ótima execução. No desenrolar da narrativa a trama se perde levemente com algumas fórmulas de comédia romântica, mas no seu 3º e último ato volta ao trilhos e entrega uma conclusão emocionante. Mesmo com o tom leve e cômico, Sexy por Acidente diverte de maneira inteligente e faz uma ótima crítica sobre a insatisfação da mulher moderna com o próprio corpo por causa do padrão da sociedade.


Uma frase: – Renee Bennett: “Eu sempre quis saber como é ser indiscutivelmente bonita.”

Uma cena: O momento que Renee participa de um concurso de beleza de biquini.

Uma curiosidade: O filme reúne Michelle Williams e Busy Philipps, amigos na vida real, que também trabalharam juntos na série Dawson’s Creek.


Sexy por Acidente, cartazSexy por Acidente (I Feel Pretty)

Direção: Abby Kohn e Marc Silverstein
Roteiro:
Abby Kohn e Marc Silverstein
Elenco: Amy Schumer, Michelle Williams, Rory Scovel, Emily Ratajkowski, Busy Philipps, Aidy Bryant, Naomi Campbell, Lauren Hutton, Tom Hopper e Sasheer Zamata
Gênero: Comédia
Ano: 2018
Duração: 110 minutos

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *