Cine_BR | Cabra Marcado Para Morrer (1984)

No começo dos anos 1960 o líder camponês João Pedro Teixeira foi assassinado por dois policiais a mando de um latifundiário. Ele morava no interior da Paraíba e lutava por uma condição mais digna para ele e para os seus semelhantes. Mas isso incomodava os poderosos da região. Eduardo Coutinho tentou fazer um filme sobre essa história naquela época, mas as filmagens tiveram que ser interrompidas devido a pressão da ditadura militar no Brasil. O filme iria se chamar Cabra Marcado Para Morrer.

Quase 20 anos depois Eduardo Coutinho e sua equipe voltam para o mesmo lugar a procura de Elizabeth Teixeira (a esposa de João), dos seus vários filhos, além de tentar entender o que aconteceu no começo dos anos 60 e fazer um retrato da situação de momento.

Cabra Marcado para Morrer intercala cenas da filmagem original com o documentário propriamente dito. A ideia de Coutinho foi preservar a memória de João Pedro Teixeira e sua batalha pela reforma agrária e também mostrar como toda uma família teve o seu destino alterado pelo regime militar. A história que mais se destaca é a de Elizabeth, esposa de João. Após a morte do marido ela teve que mudar de cidade e até de nome, mas continuou em busca de dias melhores. Trata-se de uma mulher fascinante e inspiradora.

O filme de 1962 contava com os próprios camponeses interpretando eles mesmos e é uma experiência incrível ver o que eles tem a dizer sobre aquilo tudo anos depois. Eduardo Coutinho não só produziu um dos grandes filmes brasileiros, como não deixou ser esquecida uma história que tem muito a dizer sobre o nosso país.

 


.



Cabra Marcado Para Morrer

Direção: Eduardo Coutinho
Roteiro: Eduardo Coutinho
Elenco: Eduardo Coutinho, Tite de Lesmo, Ferreira Gullar
Gênero: Documentário
Ano: 1984
Duração: 119 minutos.
Info: IMDb

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *