Review | The Walking Dead – 7×05 – Go Getters

Se os covardes são os mais perigosos, ao chegar no 5º episódio desta 7º Temporada de The Walking Dead em que apenas a estreia conseguiu explodir cabeças (literalmente), uma questão fica no ar. Não, não é a forma como irão solucionar o problema que foi criado, que ainda parece distante e impossível, mas sim se falta coragem para finalmente nos libertamos.

Aviso de SPOILERS

Os comentários a seguir falam sobre acontecimentos encontrados em Go Getters, o quinto episódio da sétima temporada de The Walking Dead.

#TWD (S07E05) – Go Getters

Apesar de ser mais um episódio morno pra conta desta 7º Temporada, Go Getters trouxe alguns pequenos momentos interessantes e um novo vislumbre de uma possível solução para que as comunidades exploradas por Negan possam sonhar, um dia, com as flores verdes da libertação.

the-walking-dead-episode-705-carl-riggs-2-935

Assistir Carl e Enid patinando e retornando, pelo menos naqueles pequenos instantes, à infância/adolescência que eles perderam foi até bonitinho. Por mais que o garoto Carl não tenha as manhas no jogo da sedução – talvez ter perdido o olho tenha lhe tirado mais que a profundidade do campo visual – é interessante ver que o universo ajuda os inocentes. Pelo menos neste tipo de assunto…

Meu Nome é Maggie

Foi a primeira vez que retornamos a Hilltop desde a 6º Temporada, e bastaram alguns poucos minutos para relembrar do quão nojento, imprestável e covarde é o chefe daquela comunidade. Sasha e Maggie tentam se impor e infelizmente é o único local onde Maggie pode se manter a salvo já que foi dada como morta em Alexandria e ainda tem um problema sério com sua gravidez.

O inventivo presente de grego que recebem dos Salvadores à noite mostrou que elas são necessárias àquela comunidade e, por alguns instantes, pensei que o roteiro iria resolver a situação da maneira mais fácil, eliminando quem estava atrapalhando a estadia delas (achei que o capataz do Negan iria matá-lo) em Hilltop.

Só Jesus Salva

Se os líderes de todas comunidades parecem dispostos a seguir com o acordo dos Salvadores, ou pelo menos não conseguem mais reunir forças para lutar contra Negan, é vez dos ‘secundários’ tomarem para si a responsabilidade de levantar a bandeira vermelha da revolução. Grandes revoluções começam de pequenos gestos, e por mais que ver Carl e Jesus indo até a base do Negan seja desesperador, pelo menos é um início do que podemos esperar mais a frente.

Olhe, mais um episódio que vai cair no esquecimento!
Olhe, mais um episódio que vai cair no esquecimento!

A mid-season está cada vez mais próxima, é aquele momento onde teremos um grande episódio que nos deixará novamente presos ao círculo vicioso da série. Resta saber agora se o que ficará será esperança ou mais desespero e temor.


  1. Parece que Jesus está com uma barba de verdade agora.
  2. Porra Carl, beijo na testa é friendzone. Ainda bem que Enid é mais decidida que você
  3. Parece que o episódio 6 irá nos apresentar um novo grupo de sobreviventes.
Queria ser astronauta mas tudo o que consegui na vida foi cair de um carro em movimento, fissurar meu crânio andando de skate e zerar Alex Kid in The Miracle World no Master System. Nas horas vagas vejo filmes que ninguém conhece, mato monstros que não existem e torço por um time que nunca vence.

2 thoughts on “Review | The Walking Dead – 7×05 – Go Getters

  1. Achei o episódio ok. Muito difícil ter episódios “tensos” como o primeiro. E nem combina com a proposta do seriado que era pra ser algo nessa pegada drama meio novela mesmo. kkk

    1. Eu resmungo as vezes mas confesso que curto essa calmaria, não dá mesmo para ser sempre tenso. Dos últimos (tirando o primeiro) talvez seja o mais “importante” por conta de Maggie mostrar “quem tem que mandar” naquele muquifo hehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *