Resenha de Livro: Os Três

Os Três, livro escrito pela sul-africana Sarah Lotz e publicado em 2014, foi uma grata surpresa para mim, pelo menos, em sua maior parte. Trata-se de uma obra escrita de uma maneira diferente e original. Através de relatos que vão desde artigos de jornais e revistas, entrevistas, conversas de skype, e-mails, cartas e até atualizações de twitter, vamos entendendo quem são os três do título. No dia 12 de janeiro de 2012, quatro aviões caem em quatro lugares diferentes do mundo, com uma pequena diferença de horas entre elas. Apesar de parecer impossível, três crianças sobrevivem a esse desastre sem proporções. Uma passageira de um desses aviões, um pouco antes de morrer, grava esta mensagem em seu celular: “Eles estão aqui. O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas… Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele…”.

A partir dessa mensagem e do fato das três crianças passarem a apresentar um comportamento diferente de antes do acidente, teorias começam a ser criadas. Seriam os alienígenas invadindo a Terra? Seriam eles os cavaleiros do apocalipse trazendo sinais de que o fim do mundo se aproxima? Um pastor não vai descansar até achar uma quarta criança sobrevivente, considerando assim que sua teoria dos quatro cavaleiros estaria comprovada. Bobby Small, Hiro Yanagida, Jessica Craddock. Essas foram os três que sobreviveram. A história gira em torno deles, mas do ponto de vista de pessoas próximas a elas. Existe um narrador em que podemos confiar plenamente?

Os Três oferece uma boa dose de mistério e alguns momentos de terror psicológico. A escrita é acessível e a maneira escolhida para contar a história nos convida a sempre ler um capítulo a mais. É uma pena que esse método não permita uma aproximação maior com os personagens.

Considerei particularmente interessante todo o clima de paranoia criado em Os Três. Dá a impressão que algo de ruim está para acontecer com o mundo a qualquer momento. Também pudera. Quando fundamentalistas religiosos conseguem convencer o povo de suas ideias absurdas as coisas só podem piorar. O entretenimento é garantido, mas não espere por uma obra digna de Stephen King ou de algum escritor do gênero de maior calibre.

A autora Sarah Lotz.
A autora Sarah Lotz.

Os Três merece ser lido e suas ideias discutidas. Só aconselho a não se irritar tanto com o final irregular. É possível que a autora resolva algumas pontas soltas em seu novo livro, Day Four. É esperar para ver.

***Classificação***


 

Se interessou? Compre aqui na promoção!

Clique na imagem para comprar o livro da Sarah Lotz

 


Autora: Sarah Lotz
Ano: 2014
Páginas: 400
Editora: Arqueiro
Site: The Three

 

One thought on “Resenha de Livro: Os Três”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *