Resenha de Livro | Sobre a Escrita (Stephen King)

Resenha de Livro | Sobre a Escrita (Stephen King)
Stephen King com a porta aberta

Sobre a Escrita foi lançado originalmente em 2000 e em 2015 ganhou uma versão nacional (revisada) pela Suma de Letras. Stephen King apresenta uma visão  prática e bastante intuitiva do que é ser um escritor profissional para todos os que aspiram se tornar um autor – quase escrevo “como ele” mas removi na edição do texto por ser impossível – um dia. 

Considerado  “o mestre do terror”, Stephen King é também conhecido por ser um escritor prolífico pela quantidade numerosa de obras publicadas. Em meio século de carreira literária, King já lançou em torno de 60 livros e mais de 200 contos seus foram publicados. Com um currículo como este, o livro se torna quase que obrigatório não só para os que sonham em escrever profissionalmente como também para aqueles que querem conhecer um pouco mais sobre a sua carreira.

O livro é curto e escrito de uma maneira tão “ági” e gostosa de ler que pode ser lido numa “sentada só” até. Não é um manual com capítulos, regras e lições enfadonhas, Sobre a Escrita é o oposto disso. King é realmente de outro planeta, ele escreve de uma forma tão simples e direta que parece até bruxaria. Talvez seja!

Logo no início do livro, numa parte que ele chama de “currículo”, King conta sobre alguns acontecimentos da sua vida, em especial na juventude. Dei boas risadas lendo suas histórias. Ele sabe como fazer você rir mesmo quando está contando algumas tragédia ou dor (física, emocional) que ele enfrentou. 

Capa do livro

Além de apresentar os acontecimentos que não só fizeram ser quem ele é como também serviram de “munição” para criar suas histórias, King apresenta alguns exemplos práticos em obras de autores como H. P. Lovecraft (um racista, e Steve não deixa de lembrar isso), Ernest Hemingway, John Grisham e J. R. R. Tolkien.

Mesmo não sendo uma ficção como suas obras mais conhecidas, Sobre a Escrita pode ser considerado como uma de suas maiores publicações. Um livro fácil de ser lido, direto ao ponto e que ainda consegue fazer você rir e aprender muito sobre a carreira. É um livro útil para quem deseja publicar textos profissionalmente, mas também é uma obra gostosa de ser lida por quem tem como hobby a leitura ou escrita.

A trajetória de Stephen King não precisa ser a sua e, ele mesmo, diz no livro que não está ali para praticar charlatanismo ou dizer como deve ser o processo de escrita. Não existe uma forma mágica de se fazer as coisas, de transformar ideias em livros de sucesso e nem existe, como ele bem menciona, uma pena mágica que vai fazer você escrever sucessos literários da mesma forma que Dumbo acreditava que era o que o fazia voar.

Cada pessoa tem o seu caminho, mas se existe uma coisa que faz obras literárias se tornarem grandes sucessos é a verdade que elas carregam. Mesmo grandes obras de ficção com aliens, monstros ou seres diabólicos precisam da verdade de cada autor dentro delas. E cada pessoa tem as suas histórias particulares, suas cicatrizes e suas batalhas internas. 

Sobre a Escrita é um livro bastante recomendado não apenas para aqueles que sonham em se tornar um escritor (profissional ou não), mas também para todos os que são fãs ou sentem curiosidade a respeito não apenas da trajetória de Stephen King, mas também de onde ele tira as suas ideias e, principalmente, como grandes obras suas como “Carrie, a Estranha” ganharam vida.


Título: Sobre a escrita
Autor: Stephen King
Tradutor: Michel Teixeira
Editora: Suma de Letras
Número de páginas: 256
ISBN: 8581052770

Marcio Melo

Marcio Melo

Vejo filmes que ninguém conhece, escrevo contos que ninguém lê e torço por um time que nunca vence.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: