5 Filmes lançados em 2019 para assistir agora na Netflix sem precisar rolar infinitamente o catálogo

Escolher algo para assistir na Netflix muitas vezes pode ser um grande desafio, daqueles que exigem muita paciência e em retorno lhe entrega, quase sempre, apenas frustração. Para quem quer assistir filmes mais recentes, em especial os lançados no ano passado, resolvi fazer um pequeno serviço de curadoria. Tudo isso para evitar que você perca o seu tempo na rolagem infinita do catálogo do serviço de streaming.

Não é uma listagem dos melhores filmes de 2019 da Netflix, até porque você não vai ver aqui obras como “O Irlandês” e “História de um Casamento” que estão cotadíssimas em muitas premiações, inclusive no Oscar. Nada disso, vou listar abaixo 5 bons filmes, não são ótimos, não são horríveis, são aqueles filmes razoavelmente bem produzidos, com boas atuações e com uma qualidade técnica, pelo menos, acima da média.

Sem mais delongas, eis a lista de 5 filmes de 2019 que você pode assistir agora na Netflix:

The Dirt – Confissões do Mötley Crüe

A história de mais uma banda de Rock – dessa vez da Mötley Crüe – segue todos os clichês esperados em filmes deste gênero: Sucesso, decadência, sexo, drogas e a esperada redenção. Não foge de alguns clichês e nem entrega nada de outro mundo, ainda assim conta com boas atuações, bons números musicais e diverte bastante.

Atlantique (Atlantics)

Atlantique é um filme bem realizado ainda que não seja uma grandiosa produção. A história é simples mas tem um mistério envolvido, como bem deixa claro as cenas na praia onde tudo fica meio ofuscado, que dá uma outra vida a história.

Além de tudo, nos apresenta uma realidade que ouvimos falar, mas pouco conhecemos. As vezes faz muito bem dar uma volta em outras praças, principalmente de países com pouca “tradição” cinematográfica.

Privacidade Hackeada (The Great Hack)

Enquanto exercício informativo, Privacidade Hackeada é bem interessante em deixar claro qual o papel de algumas corporações, redes sociais e todo esse frisson em torno dos estudos envolvendo Ciência de Dados.

É um pouco falho, pra valer a verdade, afinal por mais que seja uma produção cinematográfica, documentários precisam se posicionar e, nesse aspecto, ele derrapa. Serve para explicitar um dos grandes problemas que enfrentamos atualmente (enquanto sociedade), só não precisava ficar perdendo tanto tempo tentando trazer redenção de algumas pessoas ao invés de focar nos sérios problemas que ele levanta em sua primeira metade. Apesar de tudo isso, vale a pena sim!

American Son

Baseado em uma peça da Broadway, é um daqueles filmes que batem forte em questões importantes e que precisam serem ditas e repetidas, por mais que algumas pessoas (normalmente as que mais precisam) não queriam ouvir.

High Flying Bird

Steven Sodebergh faz um filme burocrático utilizando-se de algumas técnicas já consagradas do cinema e de sua filmografia também, ainda assim consegue conversar sobre um importante assunto no esporte americano, associando-se com questões sociais e ideológicas de forma bastante estratégica.

O final é quase um xeque-mate.


Existem outros filmes legais que poderiam entrar nessa lista como, por exemplo, “Meu Nome é Dolemyte” ou os documentários “Fyre” e “Indústria Americana“.

Coloque nos comentários outras dicas boas de filmes da Netflix, para nos ajudar a não ficar rolando aquelas listas sem fim em busca de algo bom para se ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *