Resenha de Livro | No Coração do Mar

Quem assistiu ao filme meia-boca dirigido por Ron Howard e estrelado por Chris Hemsworth, dê uma chance ao livro No Coração do Mar. Esse é um daqueles casos em que o livro empalidece o filme totalmente.

O livro conta a história real do naufrágio do Essex, um baleeiro que saiu de Nantucket em busca de cachalotes e seu precioso óleo. Após ser abalroado, a tripulação teve que se dividir em botes, racionar comida e água e tentar sobreviver no gigantesco oceano Pacífico.

A tripulação passa pelas piores provações possíveis. A sobrevivência parece cada vez mais um sonho distante e a realidade é um horrível pesadelo.

O autor Nathaniel Philbrick fez uma enorme pesquisa antes de escrever No Coração do Mar. Estudou sobre os cachalotes, naufrágios, fisiologia da fome, sede, comportamento do ser humano em situações extremas e canibalismo.

Com uma linguagem acessível, Philbrick conta detalhes que enriquecem a obra sem ser maçante.

Bastante é investido nas personalidades do capitão Pollard e do primeiro imediato Chase. Quando vemos o filme, temos a impressão de que o capitão era um idiota arrogante e que Chase era um herói idealizado que sempre sabia o que estava fazendo. Isso está longe de ser verdade.

Lendo o livro, entendemos que Pollard era um capitão competente, mas pouco confiante. Por dois momentos cruciais ele pensou em tomar as atitudes certas, mas foi convencido pelos seus imediatos a tomar outros rumos. Faltou pulso firme para ele e isso selou o destino de todos.

No Coração do Mar é uma história angustiante de sobrevivência. É uma leitura pesada e muito importante para sabermos até que ponto o ser humano é capaz de chegar nas condições mais adversas. O naufrágio do Essex marcou tanto que inspirou Melville a escrever sua obra-prima, Moby Dick.

Fiquei muito decepcionado com o filme. O material do livro é imenso e merecia até uma minissérie. Faltou mostrar melhor como funcionava a sociedade em Nantucket, o preconceito que os nativos da ilha tinham com os que vinham de fora, a força das mulheres que comandavam tudo enquanto os homens estavam em viagem, o período na ilha Henderson e muito mais.

Será que um dia alguém terá coragem de investir em um material que pareceu sem graça nos cinemas?

Esperamos que sim.


Título Original: In the Heart of the Sea
Autor: Nathaniel Philbrick
Tradução: Rubens Figueiredo
Editora: Companhia das Letras
Número de páginas: 392

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

One thought on “Resenha de Livro | No Coração do Mar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *