Review | Vikings – 4×12: The Vision

Em The Vision ficou mais do que provado que Ragnar perdeu a moral com os seus semelhantes. Para o povo de Kattegat, ele foi abandonado pelos deuses. Nada poderia ser pior. Ragnar encontra muitas dificuldades para encontrar companheiros para sua viagem rumo a vingança. Ele até se humilha e distribui os espólios que conquistou anteriormente. Talvez a única pessoa que vai de boa vontade é Ivar.

Tivemos em The Vision um momento de grande carga emocional. Tive pena de Ivar quando ele foi perseguido pelo irmão Sigurd durante o jantar. E creio não ser impossível que um dia Ivar tome alguma atitude mais intempestiva em relação a ele. O fato é que os irmãos estão com medo de Ivar, mesmo ele sendo aleijado.

Quem parece não temer nada é Ivar. Ele quer embarcar na jornada para provar a todos e aos deuses que ele também é um homem de verdade. Mesmo com a premonição de sua mãe, ele vai partir. O episódio acaba com um cliffhanger respeitável, mas não acredito que seja o fim destes dois personagens.

A diferença entre Bjorn e Ragnar é gritante atualmente. Bjorn tem o apoio e a admiração de todos para partir para Roma, já Ragnar sai sem qualquer celebração. A cena do sacrifício foi bem intensa e basicamente nos transportou para aquela época. A recriação detalhada de vários aspectos da vida dos vikings é um dos grandes trunfos do seriado.

Vikings 4×12: The Vision

É um típico episódio de preparação. Ele ganha em qualidade por desenvolver ainda mais a situação de Ragnar e Ivar, que são igualmente malvistos pelos seus pares. Ainda há um cliffhanger impactante, daqueles cuja resolução queremos ver o quanto antes.

 

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *