Review | Vikings – 4×08: Portage

Review | Vikings – 4×08: Portage

Após um episódio intenso e frenético como o da semana passada, era natural que o ritmo caísse um pouco. Portage tenta causar impacto ao eliminar três personagens. O fato de não nos importarmos com a morte de nenhum deles revela o quão mal trabalhados e desenvolvidos eles foram ao longo do tempo. Quando não há empatia, não existem lágrimas.

O ponto alto de Portage foi ver o desânimo dos vikings após a derrota humilhante imposta pelos franceses. Ragnar foi considerado o maior culpado e sua liderança passa a ser alvo de muitas dúvidas. Até que ele tem uma ideia ousada e insana: transportar os barcos vikings até o outro lado de uma montanha, no melhor estilo Fitzcarraldo.

Tal atitude revela a loucura ou a ambição de Ragnar? Será que eles conseguirão surpreender os franceses e experimentar uma vitória em breve? Difícil dizer.

Uma coisa é certa: os vikings eram muito engenhosos.

Sobre as mortes, devo dizer que Yidu não vai deixar saudades. Ela serviu apenas para transformar Ragnar em um viciado. De qualquer forma, a partida dela foi abrupta e não fez jus a relevância que a personagem teve nesta temporada.

Odo e Kwenthrith também se despediram e eu não poderia encarar a morte deles de um jeito mais blasé. Quando não estamos vendo os homens do norte, o seriado fica um tanto sem graça. São poucos os personagens que não são vikings envolvidos em tramas instigantes, o que é uma pena, já que um bom tempo dos episódios são gastos em Mercia e Wessex.

Ragnar tem que lidar com muitas coisas daqui para a frente, sendo que o seu grande inimigo será a abstinência. Será que ele dará a volta por cima?

 

brauns

brauns

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

2 comentários sobre “Review | Vikings – 4×08: Portage

  1. essa temporada está muito entediante, se não melhorar daqui pro final não irei mais acompanhar essa serie que um dia começou boa!

    1. eu acho que a temporada está irregular, mas os bons episódios ainda são maioria. ainda não perdi a empolgação com a série, apesar de as vezes os caras investirem em subtramas pouco interessantes…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: