Review | Demolidor – 2×04: Penny and Dime

Uau! Penny and Dime é daqueles episódios definidores de um seriado. Fomos brindados aqui com sequências emocionantes, com um desenvolvimento meticuloso do personagem Justiceiro e também com momentos repletos de brutalidade e sangue.

Não há do que reclamar.

Os roteiristas de Demolidor conseguiram aprimorar o arco narrativo de Frank Castle ainda mais. Em Penny and Dime o seu trágico e doloroso passado foi revelado minuciosamente. É perfeitamente compreensível deixar as lágrimas caírem no monólogo que ocorre no final do episódio.

Veterano de guerra, Frank só queria voltar para sua família e ter uma vida normal. Criminosos covardes simplesmente destruíram todos os sonhos dele. É óbvio que ele iria buscar vingança.

A conversa de Frank e o Demolidor no cemitério conseguiu superar a sequência de luta em New York’s Finest para mim. Se me perguntarem qual o melhor momento do seriado até aqui, apontarei esse.

Bastante tensão e violência quando Finn tortura Frank. Deixar um irlandes nervoso e vingativo com uma furadeira na mão não é uma boa.

E o final revela um Demolidor preocupado em fazer com que a cidade acredite que pode confiar em sua polícia. Trata-se de um herói que não quer chamar a atenção para si. Isso está mais do que claro.

E agora… Elektra!

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

One thought on “Review | Demolidor – 2×04: Penny and Dime

  1. Legal que de certa forma já fecharam o ciclo do Justiceiro (inclusive nesse episódio na legenda aparece o nome em português), mas será que ele ainda vai aparecer nos episódios seguintes? Parei nesse e vamos ver agora como vai ser com Elektra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *