Louco – Fuga

Antes de qualquer coisa é preciso falar sobre a qualidade do trabalho que vem sendo feito com as Graphic MSP. Desde o 1º número com “Astronauta – Magnetar”, cada edição sempre traz uma visão bastante legal e peculiar de algum personagem do universo de Maurício de Souza. E cada autor mostra a sua visão pessoal do personagem mantendo a essência dos mesmos. Teve uma ou outra edição que o resultado foi um pouco irregular, mas geralmente o resultado final é muito bom.

Na 10ª ediçãoLouco – Fuga”, o artista Rogério Coelho conseguiu criar um visual incrível sendo mais um marco nas Graphic MSP. A começar pela escolha do protagonista da história. Licurgo Orival Umbelino Cafiaspirino de Oliveira, mais conhecido como o Louco, é um personagem bem divertido e peculiar do universo de Maurício de Souza. Ele costuma aparecer nas histórias do Cebolinha para enlouquecer o menino que fala ‘elado’. E a trama sempre seguia um estilo meio surreal e louco (acho que não tem palavra melhor para definir do que essa).

louco-fuga-foto2

A história é bem legal porque mistura um pouco de trama sobre a origem do personagem com viagens dentro do universo dos personagens de Maurício de Souza com um objetivo. O Louco quando era criança conhece um pássaro misterioso e ele acaba ficando encarregado de protegê-lo dos guardiões do silêncios. Eles são seres que querem prender a ave de qualquer jeito. Essa missão envolve uma aventura dentro de várias histórias, então a trama está sempre em movimento. Então vemos o Louco o tempo todo em fuga pulando entre histórias seja para escapar do vilões levando consigo o pássaro ou para resgatá-lo das mãos dos vilões.

Essa louca fuga por dentro das histórias funciona graças a viagem visual criada por Rogério Coelho. Ele conseguiu criar uma sensação sensacional de movimento e peculiaridades narrativas em determinados momentos da trama quando temos o pulo de um cenário para o outro. Uma hora a história segue o fluxo normal dos quadrinhos, depois muda de sentido, sempre mantendo o clima de “loucura”.

louco-fuga-foto1

Temos também a passagem de tempo já que vemos o Louco criança e depois ele em adulto. Então nesse período também vemos a evolução dos próprios personagens do universo de Maurício de Souza. Dessa forma temos também uma ótima e bonita homenagem a todas as fases que incluem inclusive personagens mais novos como a Turma da Mônica Jovem e até mesmo as outras Graphic MSP.

Agora o principal elemento da revista, ou melhor, graphic novel, é a metáfora por trás da história que também mistura elementos de metalinguagem e homenagens (que já citei acima). A melhor leitura seria que o pássaro representa a imaginação e a criatividade. Então os guardiões do silêncio não querem deixar ela livre e o Louco (loucura) tem o papel de deixar essa ave livre para voar e cumprir o que ela representa. Não deixa de ser um pouco filosófico essa relação entre a criatividade e a loucura.

louco-fuga-foto3

Junte isso com o incrível e bonito visual criado por Rogério Coelho e temos uma das melhores Graphic MSP feitas até agora. E lembrando que todas tem um resultado muito bom. Então o trabalho de Coelho merece mesmo vários elogios.


louco-fuga-capa

Louco – Fuga
Autor e Arte: Rogério Coelho
Editora: Panini Comics
Número de páginas: 80

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *