Review | Supergirl – 1×03: Fight or Flight

Fight or Flight começa com a tão aguardada entrevista entre Supergirl e Cat, no topo de um prédio, é claro! Cat se revela uma boa manipuladora e consegue extrair de Kara um importante segredo: ela e o Superman são primos.

Tal revelação acaba trazendo inúmeros perigos para a Supergirl, como a sede de vingança de Reactron, um vilão que decide acabar com ela para fazer o Superman sofrer.

Reactron talvez tenha sido o vilão mais interessante até o momento. Trata-se de um humano que perdeu a pessoa que amava e que convive com as sequelas da radiação. Por tudo isso, culpa o Superman.

Supergirl, inicialmente, tenta abordá-lo de uma maneira menos agressiva: dialogando. Claro, caso não dê certo, ela estará mais do que pronta para descer a mão nele. Será?

Kara não suporta a ideia de que pode vir a precisar do primo mais experiente para defendê-la. Ela quer fazer as coisas do jeito dela, quer vencer ou perder com suas próprias forças. Nada mais justo.

Esse foi o ponto principal do ótimo Fight or Flight. Kara mostrando-se cada vez segura que pode fazer a diferença para National City, mesmo sem a ajuda do seu já estabelecido primo herói. E como bônus, vimos uma bacana conversa virtual entre os dois.

Cenas de ação competentes (porém curtas), uma personagem principal cativante e alguns problemas realistas (até certo ponto) que devem ser superados tem sido os pontos fortes deste divertido seriado. Será que ele terá coragem de ser mais ambicioso em um futuro próximo? Vamos aguardar.

***Classificação***

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *