Clássicos | O Gabinete do Dr. Caligari

Quando penso em cinema mudo, O Gabinete do Dr. Caligari é um dos primeiros filmes que me vêm à mente. Não é para menos, afinal este é um dos grandes trabalhos do cinema fantástico da década de 1920 e também do expressionismo alemão. O perturbador visual distorcido tem a capacidade de nos hipnotizar. Os cenários repletos de detalhes colaboram para transmitir a sensação de que estamos diante de um pesadelo. Os ângulos bizarros das paredes, os bancos que fazem os personagens quase encostarem a cabeça no teto e as estruturas tortuosas colaboram para a concepção de uma verdadeira atmosfera kafkiana.

Na trama, somos apresentados a um charlatão que mostra a sua última atração em uma feira: Cesare, o sonambulista. Trata-se de um homem que dormiu por mais de 23 anos e que tem o dom de prever o futuro. Um homem na plateia, debochadamente, pergunta: “Até quando viverei?” e o sonambulista responde “Até o amanhecer“. Isso se concretiza e as suspeitas recaem sobre Cesare, que passa a ser perseguido pela nervosa população.

O diretor Robert Wiene utiliza recursos narrativos criativos para época e ainda nos oferece um final ambíguo. Não é difícil perceber a importância de O Gabinete do Dr. Caligari, que de alguma maneira influenciou filmes como Frankenstein, Drácula e até Psicose. Há quem diga que este é o primeiro filme de terror de verdade. Roger Ebert foi o primeiro crítico a afirmar isso.

O fato é que O Gabinete do Dr. Caligari é uma mistura de arte e entretenimento que funciona de maneira exemplar graças ao visual peculiar, a montagem dinâmica, as atuações marcantes de Werner Krauss e Conrad Veidt e ao notório talento do diretor, que curiosamente não fez outros trabalhos relevantes. De qualquer forma, ele deu vida a uma obra-prima do cinema e garantiu um lugar cativo na História.

***Classificação***


 

Título original: Das Cabinet des Dr. Caligari
Ano: 
1920 Cabinet-Of-Dr.-Caligari-
Duração: 78 minutos
Diretor: 
Robert Wiene
Roteiro: Carl Mayer
Gênero: Horror/Mistério
Elenco: Werner Krauss, Conrad Veidt
Info: IMDb

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *