Um Senhor Estagiário (The Intern)

Na linha de frente com Robert De Niro e Anne Hathaway o novo filme da Nancy Meyers, “Um Senhor Estagiário (The Intern)“, além da ótima carta de apresentações e premissa interessante, possui algumas boas cenas e traz algumas risadas e diversão ao mesmo tempo que levanta discussões bastante pertinentes. Não é daqueles trabalhos imperdíveis e é um pouco extenso além do que deveria, tanto no tempo quanto nos temas que tenta conversar, mas acaba cumprindo o seu papel para quem quer assistir algo mais leve e descompromissado.

Na trama, um senhor de 70 anos (Robert De Niro) cansado da vida monótona e “sem propósito” de aposentado e viúvo resolve cair de cabeça numa oportunidade de estágio de sêniors que uma startup de sucesso está oferecendo. Assim que admitido ele é designado a ser estagiário da mulher que criou e faz tudo acontecer no site fashion de sucesso, Jules Ostin (Anne Hathaway). Além das idades muito distantes, ambos vão ter que lidar com o jogo da juventude x experiência ao mesmo passo que vão precisar se entender a qualquer custo.

O início de “Um Senhor Estagiário” é muito bom e divertido já que ele foca mais na dupla de protagonistas que conta com dois grandes atores – se bem que fiquei desconfiado que trocaram o De Niro por um mecatrônico muito do mal feito, afinal, ele repete a todo instante uma mesma expressão facial para praticamente todas as situações – e, seus personagens, claramente vão naquele jogo de desentendimentos e desencontros para tentarem se entender no final. A química dos dois é boa e alguns coadjuvantes bem encaixados ajudam a dar o tom da história que, apesar de estar atolada de clichês tanto quando a personagem Jules está de trabalho, acaba envolvendo o espectador de uma maneira positiva.

the-intern
Segura o tchan!

Nancy Meyers no entanto decide tentar sair um pouco do lugar comum das comédias e, dentre as discussões que levanta, conversa sobre importantes temas como o machismo, mas se enrola um pouco e não consegue sair de algumas amarras perigosas. Machismo, cavalheirismo, gentilezas (masculinas), a diretora (que também escreveu o roteiro do filme) se embanana um pouco, acerta em algumas passagens e erra em algumas outras ao tentar dotar sua obra de algumas (importantíssimas) discussões feministas.

Claramente “Um Senhor Estagiário” poderia ser um pouco mais curto e direto. Ao tentar conversar sobre tantos temas em sua metade final acaba ficando naquela linha tênue entre o descartável e o divertido. Algumas sequências como uma de “filme de assalto” (inserida a fórceps na trama, mas que vale pelas risadas) ou ainda algumas passagens mais emotivas e de “lições de vida e aprendizado” acabam fazendo a sessão valer a pena e, entre erros e acertos, o saldo acaba sendo levemente positivo.

***Classificação***

3 (Kevin) Bacons de 5


Um-Senhor-EstagiárioTítulo Original: The Intern
Título Nacional: Um Senhor Estagiário
Ano: 2015
Duração: 121 min
Diretora: Nancy Meyers
Roteiro: Nancy Meyers
Gênero: Comédia
Elenco: Robert De Niro, Anne Hathaway, Rene Russo, Anders Holm, Jojo Kushner, Andrew Rannells, Adam DeVine, Zack Pearlman, Jason Orley, Christina Sherer e Natt Wolf.

4 thoughts on “Um Senhor Estagiário (The Intern)”

  1. Essa diretora sempre tem “boas” ideias e no desenvolvimento da trama se prolonga demais se perdendo no caminho. Principalmente no final. Ainda não assisti esse, mas pretendo. Se vou conseguir ver no cinema ainda não sei.

  2. Crítica acertada: filme leve, longo e embanadado em alguns temas. Poderia ter explorado melhor um tema específico. Mas vale a pena assistir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *