Review Podcast | Paciente 63 (audiossérie)

Review Podcast | Paciente 63 (audiossérie)

Podcast é um formato que permite diversas possibilidades, pensando nisso o Spotify – que se tornou um agregador de podcasts e uma das plataformas mais utilizadas para ouví-los – tem investido em conteúdo original. Agora em 2021 o serviço de streaming de áudio lançou a audiossérie chamada Paciente 63. Essa série em áudio foi criada pelo chileno Julio Rojas e ganhou versão em português com as vozes de Mel Lisboa e Seu Jorge.

Qual seria a diferença entre as antigas rádios novelas e uma audiossérie? A principal delas são os recursos de áudio, já que nos programas de rádio os programas costumavam ser feitos ao vivo, como um teatro, então criar sons era uma tarefa complicada. Em um podcast tudo é gravado e os efeitos sonoros são muito melhor desenvolvidos, provocando uma imersão bem maior do ouvinte dentro do universo da narrativa.

Paciente 63 é uma mistura de “Sessão de Terapia”, série indiana que ganhou uma versão brasileira estrelada e dirigida por Selton Mello, com ficção científica. Acompanhamos as sessões da Dra. Elisa Amaral (Mel Lisboa), uma psiquiatra responsável pelo paciente Pedro Roiter (Seu Jorge), que foi encontrado desorientado e encaminhado para um hospital psiquiátrico. A trama se passa em 2022 e esse misterioso homem afirma ter vindo do futuro, mais precisamente do ano 2062.

Pedro diz ter vindo do futuro para impedir que uma pandemia se inicie e que sua missão poderá salvar a humanidade no futuro. Olhando dessa forma talvez a trama não apresente grande novidade dentro do gênero ficção científica, mas a diferença aqui é a abordagem da narrativa. Durante a conversa, o paciente 63 tenta convencer a psiquiatra de que está falando a verdade, mas é claro que ela não acredita, contudo, não demora para que ela fique obcecada pela história do viajante do tempo, onde tenta distinguir realidade de ficção.

O fato da audiossérie ser lançada no meio de uma pandemia faz com que Paciente 63 se torne mais verossímil e instigante, já que o ouvinte se identifica totalmente com a história contada por Pedro. Consciente da dificuldade que é convencer a Dra. Elisa, o misterioso homem explica a situação e tenta apresentar algumas provas, sempre tendo boas respostas para alguns questionamentos clichês feitos pela psiquiatra. É curioso também como ele faz referências à cultura pop sobre viagem do tempo, como por exemplo, um dos episódios se chamar Delorean – carro usado como máquina do tempo na trilogia De Volta para o Futuro. Outro recurso utilizado é referenciar teorias de física, como o efeito Garnier Malet, utilizado para denominar outro capítulo.

O podcast conta com 10 episódios e cada um deles dura em média 15 minutos, dessa forma é bem fácil para o ouvinte acompanhar a trama, ficando a seu critério maratonar tudo de vez ou ouvir aos poucos. Cada capítulo apresenta uma nova conversa e sempre surgem novos elementos na narrativa que deixam a trama bem instigante. A dupla de protagonistas tem uma química muito boa e exploram bem a dinâmica do formato de diálogo de terapia, sendo que Mel Lisboa já tinha experiência com outros trabalhos de áudio, enquanto Seu Jorge estreia no formato.

Em síntese, Paciente 63 é um ótimo acerto do Spotify em explorar novos formatos de podcast. Os programas de ficção, ou audiosséries, ainda estão começando no Brasil, por enquanto mais com adaptações de outros países, como esse aqui. Torço para que podcasts originais brasileiros também estejam nos planos do serviço de streaming. 



Paciente 63

Criado por: Julio Rojas
Adaptada por: Ultrassom
Elenco: Mel Lisboa, Seu Jorge
Vozes adicionais: Veridiana Toledo, Heitor Goldflus, Nelson Baskerville, Marcelo Galdino, Clara Carvalho, Rafael Maia e Lavinia Lorenzon
Ano: 2021

Ramon Prates

Ramon Prates

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Um comentário em “Review Podcast | Paciente 63 (audiossérie)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: