Review HQ | Valente Por Você

Review HQ | Valente Por Você

Ler Valente Por Você foi uma experiência cheia de emoções porque esse foi o último volume da série criada por Vitor Cafaggi, então foi como me despedir de um grande amigo. Conheci tardiamente essa série por influência do porcolunista Lionel Leal, mas somente agora durante a pandemia parei para ler e foi amor à primeira lida. “Devorei” os 5 primeiros volumes em menos de 1 semana e fiquei aguardando ansiosamente por esse encerramento.

A sexta e última parte da jornada de Valente surpreende por seguir por um caminho que o leitor provavelmente não esperava, mas apresenta um final coerente e agridoce de um personagem que acompanhamos desde a época do colégio até a faculdade, sofrendo junto com ele suas desilusões amorosas e captando seu amadurecimento. 

Afirmei no texto sobre a HQ “Duo.Tone” que Vitor Cafaggi é sem dúvidas um dos melhores quadrinistas do Brasil, e mantenho a opinião: a série Valente é seguramente a sua grande obra-prima e o artista conseguiu captar de maneira impressionante o espírito jovem através de um personagem humano, carismático e verossímil, mesmo sendo um cachorro.

De fato, esse detalhe do protagonista e do restante dos personagens serem animais com características humanas não é nenhuma novidade na cultura pop em geral, mas Vitor Cafaggi construiu seu universo de maneira brilhante, onde cada um desses seres mantém um pouco da sua característica animal: o próprio Valente, por exemplo, tem um comportamento onde se empolga facilmente com o surgimento de um novo interesse romântico, que pode ser visualizado através do balanço do seu rabo, sendo uma boa piadinha gráfica. Ou Bu, que pelo fato de ser uma macaca faz com que seja mais racional.

Diversas outras obras mundo afora usam o antropomorfismo de maneira similar, como BoJack Horseman ou mesmo os personagens da Disney, mas o uso que Caffagi dá é mais sutil — de modo que, verdade seja dita, acaba tendo menos impacto para a narrativa.

Outra característica importante de Valente Por Você é a narrativa contada através de tirinhas, no formato retangular “paisagem”, que apresenta a história com mais agilidade, facilitando a leitura. Apesar da simplicidade da apresentação, Cafaggi se aprofunda muito no protagonista e em sua jornada, tornando a apreciação de Valente agradável e envolvente, daquele tipo que é quase impossível não terminar de ler cada edição em apenas uma “sentada”.

Bom, acredito que seja importante apresentar um pouco sobre o personagem Valente para aqueles que não o conhecem. Esse jovem cachorro é um típico adolescente de classe média, que apesar de ser brasileiro poderia facilmente viver em qualquer outro lugar. Como uma “pessoa” dessa idade, seus principais medos estão relacionados à chegada da vida adulta, isso é, o amadurecimento, enquanto descobre suas primeiras paixões, joga RPG com seus amigos e desabafa com sua melhor amiga, a macaquinha Bu, que sempre tem os melhores conselhos (que ele não segue).

Nos volumes anteriores, o protagonista teve algumas desilusões amorosas e aprendeu uma ou outra lição sobre a vida, saiu do colégio e chegou na faculdade, e podemos dizer que já amadureceu um pouco. Em Valente Por Você ele conhece Cindy e mais uma vez é amor à primeira vista, apesar da negação em se apaixonar tão rapidamente. Só que ele não consegue controlar os seus sentimentos, então o leitor embarca nessa última jornada amorosa para descobrir se esse amor vai ser para sempre e para o que der e vier.

Em síntese, Valente Por Você é um encerramento maravilhoso de uma jornada cheia de emoções. Uma leitura deliciosa, daquelas que dá até “pena” chegar ao final, ainda mais agora sabendo que é o encerramento da trajetória do protagonista. Vitor Cafaggi evoca de maneira quase mágica o período da adolescência, em uma narrativa doce, charmosa, engraçada e emocionante.


Classificação:


Valente Por Você

Autor e Arte: Vitor Cafaggi
Editora: Panini Comics
Número de páginas: 184

Ramon Prates

Ramon Prates

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Um comentário em “Review HQ | Valente Por Você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: