Review | Dininho Adventures

A brasileira QUByte Interactive em parceria com Dininho Games lançou em 2020 o game indie Dininho Adventures. O jogo é uma ótima surpresa que explora de maneira simples e criativa o gênero de plataforma em 2D. O protagonista é o simpático dinossauro Dininho que tem como objetivo resgatar os ovos de uma mamãe dinossauro roubados por um vilão malvado.

Inicialmente Dininho Adventures parece ser um jogo bem infantil graças ao gráfico retrô e com traços simples e muitas cores. Contudo, no avançar das fases o nível de dificuldade aumenta e a experiência de jogar é bem desafiadora. O pequeno e simpático dinossauro protagonista tem que atravessar a Dinolândia em busca os ovos da mamãe dinossauro em fases em 2D onde ele pode pular em cima dos inimigos e também usar sua cauda para atacar. Um botão pula e o outro é o de ataque, mas também serve para correr. Correndo é possível alcançar distâncias maiores no pulo e ao segurar o botão de pular o pulo fica mais alto.

Ou seja, Dininho Adventures é um um jogo que vai exigir bastante da habilidade do jogador ao passar das fases. Cada nível tem uma bandeira na metade, então depois de conseguir alcançá-la caso morra ao invés de voltar para o início volta para esse ponto salvo. O personagem tem vidas infinitas, mas isso não vai deixar a jornada mais fácil. Existe um contador de tempo, mas que serve apenas para comparar com outros jogadores quem conseguiu terminar a fase em menos tempos.

Seguindo a fórmula de sucesso da franquia Super Mario, ao final de cada mundo de Dininho Adventures existe um chefão. E a cada novo local explorado é interessante ver a criatividade da equipe de desenvolvimento e produção do game. Em nenhum momento esse jogo indie se torna repetitivo, pois sempre surgem novos desafios a serem explorados. Temos fases na água, no gelo que escorrega, lava e outros clichês, mas sempre explorados muito bem.

A evolução da jogabilidade de Dininho Adventures é algo que impressiona para um jogo tão “simples”. Para não dar muito spoiler sobre o game, por exemplo existe uma fase em que ao usar a cauda o personagem é arremessado em uma direção, fazendo com que o desafio de chegar ao final de fase não seja tão “simples” quanto se espera de um jogo de plataforma. Essa transformação na maneira de jogar enquanto se avança de fases lembra um pouco outro jogo indie atual: Celeste, inclusive Dininho também contabiliza a quantidade de mortes do jogador e causa a mesma sensação de “raiva” ao ter que repetir algumas vezes a mesma fase até conseguir chegar até o final dela. O sentimento de alívio e gratificação também é importante.

Dininho Adventures é mais uma grata surpresa de uma equipe de desenvolvimento brasileira, provando o talento do nosso país em criar jogos indies de qualidade. O game da Dininho Games é bem divertido e encanta com o carisma do simpático personagem, além de apresentar um grande desafio para o jogador. O custo X benefício também é muito bom, já que é um ótimo game e com um valor bem em conta.


Classificação:


Dininho Adventures

Plataformas: Nintendo Switch, Android e Microsoft Windows
Produtora e Desenvolvedora: Dininho Games e QUByte Interactive
Ano: 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *