Review HQ | Você é o Deadpool

Você gostaria de tomar as decisões pelo seu super-herói favorito enquanto lê a revista em quadrinhos? Se a resposta é sim, então Você é o Deadpool é uma boa oportunidade de colocar isso em prática. Essa hq interativa é inspirada na série de livros chamada “Escolha Sua Aventura” na qual o leitor decide qual rumo a história toma e vai para determinado ponto da obra para prosseguir com a leitura. Mas será que você está preparado para essa aventura? Então siga as instruções deste texto para descobrir.

1) Quem é o Deadpool?

Se você já assistiu algum filme do Deadpool ou já leu alguma revista desse personagem, então pode pular para o item 2. Se não, pode prosseguir com a leitura.

Deadpool é um dos personagens mais divertidos da Marvel e ele está sempre fazendo piadas, além de quebrar a 4ª parede. Tanto nos filmes quanto nos quadrinhos ele “conversa” com o espectador/leitor e esse recurso faz dele seja o candidato ideal para estrelar uma hq interativa. Suas atitudes são bastante questionáveis e essa é a graça das suas histórias, pelo humor bastante ácido.

Se você não gosta desse tipo de humor, pode parar de ler o texto porque Você é o Deadpool não é para você. Se você já conhece a revista ou é apressadinho e só quer saber quantos bacons eu dei, pule para o 5. Se não, pode prosseguir com a leitura.

2) RPG

Se você gosta de jogar RPG e sabe o que é, pode pular para o item 3. Se tem interesse em saber em saber o que significa, pode prosseguir com a leitura, mas se não gosta de jeito nenhum, pode parar de ler o texto.

Além da tomada de decisão, isto é, decidir o que Deadpool irá fazer, também será necessário realizar outras ações, como jogar um dado D6 nos combates com alguns inimigos. Esse estilo lembra muito as aventuras de RPG em que o jogador tem que interpretar um papel, no caso aqui de Deadpool, e o sucesso de suas ações dependem em parte da sorte dos dados. Você também pode escolher itens para carregar e suas decisões podem interferir nos parâmetros mentais “tristeza” e “malvadeza”.

Se você achou que é muito complicado, pode parar de ler o texto ou então tentar ler novamente para ver se entendeu. Mas se gostou da forma de “jogar”, pode prosseguir com a leitura.

3) Navegação dentro da história

Você é o Deadpool é dividido em 5 volumes, e cada um seria mais ou menos como uma fase do jogo. Neles, cada quadrinho é numerado usando uma cor diferente, para facilitar a navegação dentro da narrativa a conforme a decisão tomada. Então quando Deadpool pedir para você escolher o que fazer, haverá a instrução para qual número de quadrinho prosseguir

Pode prosseguir com a leitura, porque não acredito que após ler esse item você tenha desistido de jogar essa hq.

4) Viagem no tempo

Um dos destaques de Você é o Deadpool, além da interatividade, é a viagem no tempo. Cada fase da aventura se passa em uma década diferente, então cada uma delas segue o estilo da época em que se passa. É interessante ver as referências ao universo Marvel de cada período, com direito a algumas participações especiais bem divertidas. Quem é fã vai pegar as referências mais facilmente, mas quem não é vai conseguir aproveitar mesmo assim.

Não acredito que você não gosta de viagem de no tempo, fala sério? Então o que você está fazendo aqui, pode parar de ler. Não, espera, segue aí que está quase no final.

5) Seja o Deadpool

Bom, se você chegou até aqui é porque ficou interessado em ler/jogar Você é o Deadpool. A hq escrita por Al Ewing explora muito bem o estilo do personagem, que se encaixa perfeitamente em uma aventura interativa. Os elementos leves de RPG dão ao jogo um tom mais próximo de um jogo de tabuleiro, aumentando ainda mais a diversão. A interatividade é muito bem desenvolvida, e a arte de Paco Diaz e Salvador Espin ajuda na imersão dentro de cada fase mostrando que ser o Deadpool é uma experiência bem divertida.


Classificação:


Você é o Deadpool

Autor: Al Ewing
Arte: Paco Diaz e Salvador Espin
Editora: Panini Comics / Marvel
Número de páginas:
120

One thought on “Review HQ | Você é o Deadpool”

  1. Poxa, muito legal, uma resenha interativa tem tudo a ver com a proposta da HQ. Eu tinha vários livros-jogos como este antigamente, adorava.

    Parece ser realmente imperdível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *