Review | The Movies (minissérie)

Review | The Movies (minissérie)

A minissérie The Movies conta a história do cinema americano. Dividida em 6 capítulos, cada um deles conta sobre uma década e o último fala sobre a Era de Ouro, que abrange dos anos 1930 a 1950. Ela foi produzida por Tom Hanks, Gary Goetzman e Mark Herzog. Nos EUA foi exibida pela CNN, mas aqui no Brasil está disponível na HBO. A única diferença é na ordenação, já que a emissora brasileira preferiu ordenar da mais recente até a mais antiga, mas originalmente começa com os anos oitenta indo até os 2000, depois voltando para a década de 70 e indo até o início.

The Movies faz um belo resumo sobre cada década e entrevista atores, diretores, críticos e outros envolvidos com a indústria do cinema. Além disso, também mostra trechos dos principais filmes de cada período. A edição é muito bem realizada alternando cenas dos longa-metragens com os comentários dos entrevistados.

Através desse formato a minissérie faz um ótimo estudo sobre o impacto do cinema na cultura americana, e mundial, além de mostrar a evolução e mudanças na forma de fazer cinema.

O maior impacto de The Movies é deixar o espectador com vontade de assistir filmes. Após assistir cada episódio fica difícil não querer sair assistindo todos os longas citados. O problema é: como fazer isso?

Infelizmente a maioria dos serviços de streaming, como Netflix e Amazon Prime, não possui um catálogo com grandes clássicos do cinema, principalmente os mais antigos. Procurando em alguns mais especializados, como o Telecine Play, ainda é possível encontrar alguns. Só que a maioria das pessoas não tem assinatura de tantos serviços diferente. Então só resta procurar para aluguel e compra em sites de VOD (video on demand) como iTunes e Google Play, ou apelar para a pirataria. Ou então, como no caso desse que vos escreve, ter a sua própria coleção de filmes. Ainda assim vai ser difícil ter tudo, tendo apenas os seus favoritos.

Ou seja, isso faz com que essa minissérie tenha uma importância ainda maior para ajudar a resgatar a memória das pessoas sobre a história e evolução do cinema. Ainda mais em uma época onde é muito importante relembrar a história, principalmente da arte.

The Movies lembra, por exemplo, da importância da diversidade. Como surgiram o papel das mulheres e dos negros no cinema. Vocês sabiam que na época da Era de Ouro que as mulheres correspondiam a 70% do público? Com isso a maioria dos filmes era estrelado por atrizes e elas ganhavam mais que os atores. Mas o que ocorreu para que recentemente as atrizes ainda lutam por direitos iguais em pleno 2020? É necessário estudar a história e a evolução para ver onde foi a curva de mudança, entender os motivos e ver como alterar a situação.

O único defeito de The Movies é falar apenas sobre o cinema americano, mas como esse é a proposta inicial dele o problema pode ser relevado. Mas como a indústria americana de filmes é a mais importante e famosa do mundo, analisá-la e estudá-la já ajuda bastante a entender a história do cinema como um todo.



The Movies

Criado por: Tom Hanks, Gary Goetzman e Mark Herzog
Emissora: CNN (exibida pela HBO)
Ano: 2019

Ramon Prates

Ramon Prates

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Um comentário em “Review | The Movies (minissérie)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: