Para ver e ouvir | Moulin Rouge: Amor em Vermelho

Está no ar mais uma edição da coluna Para ver e ouvir na POCILGA, dessa vez com o filme Moulin Rouge: Amor em Vermelho. O objetivo dela é falar sobre filmes que tem uma trilha sonora tão boa que merecem um destaque.

Moulin Rouge: Amor em Vermelho

Quando foi lançado em 2001, Moulin Rouge serviu para Hollywood relembrar os antigos musicais, que não estavam mais na moda. Os únicos filmes que ainda usam músicas com alguma frequência eram as animações da Disney, mas até elas tinham deixado o gênero um pouco de lado após o surgimento da Pixar.

No entanto, o diretor Baz Luhrmann deu ao gênero um ar de modernidade até então nunca visto. Ele fez um filme de época, mas com músicas pop atuais. Ele já havia experimentado uma mistura de épocas em Romeu + Julieta (1996), mas o resultado tinha sido irregular. Em Moulin Rouge ele encontrou a fórmula perfeita, transformando o longa em uma viagem musical fantástica, além de uma trágica história de amor.

O primor técnico do filme impressiona. A montagem é rápida e dinâmica, com diversos cortes, lembrando um videoclipe musical, mas sem perder a roupagem cinematográfica. O desenho de produção é belíssimo, com cenários e roupas muito bonitos. E a fotografia também é espetacular, com movimentos de câmera fascinantes que capturam bem o movimentos dos atores e as danças. O elenco também é fabuloso, com destaques para Nicole Kidman e Ewan McGregor que surpreendem com o lado musical, além de terem um enorme carisma e muita química entre si.

Porém, o grande trunfo de Moulin Rouge são as músicas e o diretor usou um conceito pouco conhecido na época: os mashups. Baz Luhrmann fez uma incrível seleção de músicas e fez uma “colagem” entre elas, para que fizessem sentidos juntas e também funcionassem dentro da narrativa. E ele misturou gêneros, indo do rock ao pop, fazendo com que tudo soasse coeso, com nomes como Nirvana, Madonna, Elton John, Queen, U2, The Police, Beatles, Kiss… O resultado é fantástico e uma das graças de se assistir o longa é ficar identificando as canções presentes.

É até difícil separar apenas 5 músicas desse filme, mas selecionei aqueles que seriam os momentos mais importantes e divertidos de Moulin Rouge.

Vamos às 5 melhores músicas (ou melhores momentos musicais) do filme:

Satine e as dançarinas do Moulin Rouge – Sparkling Diamonds (Diamonds Are a Girl’s Best Friend/Material Girl)

Christian – Your Song

Christian e Satine – Elephant Love Medley

Zidler e O Duque – Like a Virgin

O Argentino, Christian, Satine, O Duque e as dançarinas do Moulin Rouge – El Tango de Roxanne

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *