10 Filmes que você provavelmente não viu em 2018 mas deveria assistir

Acompanhar o ritmo frenético e nonsense dos lançamentos de filmes no cinema brasileiro é uma tarefa árdua e, nesse processo de tentar estar sempre por dentro dos melhores filmes, acabamos deixando passar alguns que ou não receberam a devida atenção na grade de lançamentos nacional ou, pior, saíram direto para o homevideo. E por homevideo eu entendo que, atualmente, corresponde 98% à atividades bucaneiras*, afinal, o tempo das locadoras ficou pra trás e, tirando aquele seu amigo excêntrico, ninguém compra mais DVDs ou BluRays, não é mesmo?

Já tivemos aqui na POCILGA uma lista de melhores filmes de 2018, mesmo assim, muita coisa boa ficou de fora por diversos motivos. Deixo aqui para quem está procurando o que assistir ou rolando as opções da Netflix há mais de 2 horas sem dar o play, os 10 filmes mais interessantes que não tiveram grande alcance ou pior, nem viram a cara dos cinemas** separados em categorias aleatórias que criei. Vamos a eles:

Críticas aos padrões Sociais , governamentais e/ou econômicos…

Para acordar os adormecidos e levantar reflexões pertinentes e contemporâneas…

Sorry to Bother You

Tessa Thompson e suas argolas que falam

Sorry to Bother You é o tipo de filme que beira o inacreditável de forma tão fantástica que, tentar resumi-lo em algum gênero ou abordagem é um trabalho bastante difícil.

Existe muita coisa (MUITA) nas entrelinhas e indiretas fantásticas e que trazem para a discussão muitos assuntos De uma crítica ao capitalismo até a questão da luta de classes, o filme brinca (em alguns momentos de maneira ASSUSTADORA) com a nossa realidade nessa espécie de distopia/presente alternativo da sociedade americana.

O roteiro e as argolas de Tessa Thompson podem ser um pouco diretos demais, ainda assim é nos detalhes e nas cenas que passam por trás dos personagens ou de relance que está a genialidade desse filme que é tão imperdível que não dá pra entender porque não teve a merecida atenção por aqui.

No Coração das Trevas (First Reformed)

Enquadramentos estratégicos e diálogos fortes em “First Reformed”.

Ethan Hawke é uma gema preciosa do passado que, vez ou outra, faz uns filmes pouco divulgados interessantíssimos. ‘First Reformed” segue a vida de um padre que tenta ‘fazer o seu trabalho’ e ajudar as pessoas da sua paróquia.

Será que Deus irá nos perdoar? A escalada do protagonista é simplesmente épica.


Que porressa?!

Pra pirar a cabecinha e te fazer refletir…

O Culto (The Endless)

The Endless brinca com loops temporais e realidades paralelas

Quando Lovecraft é citado logo na abertura do filme, já dá pra perceber em que tipo de história você irá ficar preso até o seu desfecho que chega com um certo alívio, após sua cabeça girar pelo infinito em círculos e, eventualmente, explodir, vez ou outra.

Um filme com baixo orçamento, excelentes atuações, uma direção muito competente e um roteiro que consegue deixar tudo em seu lugar, por mais que as coisas pareçam não ter lugar no espaço-tempo.

Você Nunca Esteve Aqui

Sem seu capacete de papel alumínio mas sabendo se defender como nunca

‘Joca’ Phoenix é um dos atores mais interessantes da atualidade, suas excentricidades levam seus personagens a lugares pouco explorados por outros atores nos cinemas atuais. Entre diálogos interessantes, delírios e simbologias bem colocadas, “Você Nunca Esteve Aqui” é uma produção que te pega pela mão e te leva a pensar e refletir lhe tirando do lugar comum.

*** Esse passou no cinema


Vingança

Para quem acha que o sabor da vingança é doce, mesmo sabendo que o sangue não é…

Upgrade

Quando um sujeito tem um ‘Jarvis’ implantado para contribuir com a sua vingança

“Viu só? Você achou que eu era apenas um aleijado mas não sabia que eu era um ninja!”

O roteiro é simples e a premissa de vingança pode parecer pouco convidativa, mas a realidade é que Upgrade apresenta um universo cyberpunk bem interessante e, em meio a uma escalada de lutas “ninja” e sangue, conversa sobre temas interessantes que ficam ali, flutuando ao lado da trama principal.

Uma gratíssima surpresa.

Revenge

Uma das vinganças mais merecidas dos últimos tempos

O filme Francês Revenge é brutalmente divertido e traz muito gore e sequências surreais numa escalada de vingança que abraça o absurdo sem medo de ser feliz.

Só uma coisa me tirou um pouco a fé cênica:

– Como é que alguém pode andar descalço no deserto? Aí é demais pra mim, sinceramente.

*** Esse passou no cinema 

Crítica | Vingança (Revenge, 2017)


Coming Age Movies

Para relembrar (ou entender se você for jovem) aquela fase da vida em que nada parece se encaixar…

Oitava Série (Eighth Grade)

Espetacular atuação da protagonista

Daqueles pequenos filmes com grandes atuações e uma mensagem deveras poderosa. Trazendo um retrato perfeito da “pré-adolescência” nos tempos atuais, o filme conta com uma atuação espetacular da jovem que, até mesmo em sua forma de andar e olhar ao redor, transmite tudo o que precisamos saber sobre a personagem que tenta se descobrir em um mundo em que, tentar ser aceito e ser uma pessoal “legal”, é um grande desafio.

Está entre as primeiras posições de várias listas de melhores filmes lançados (lá fora) em 2018.

Mid 90’s

A família de verdade

O tema é muito parecido com o do filme acima (“Oitava Série”) só que Mid90s consegue cativar de maneira ímpar com atuações muito boas e uma ambientação incrível.

Jonah Hill (sim, ele mesmo!) acerta em cheio ao capturar uma faceta interessante dos anos 90 e conversar, nessa obra lindíssima, sobre pertencimento. Imperdível.

  • previsão 30/05/2019 no cinema

Pra bater no coração

Aqueles filmes que vão te emocionar, pro bem ou pro mal…

Sem Rastros (Leave no Trace)

Pai e filha. União e amor

Pai e filha vivem uma vida ‘perfeita’ e misteriosa na floresta, tendo contato com outras pessoas apenas esporadicamente e quando é necessário, algo que não é bem visto pelas autoridades e boa parte da sociedade.

“Eu sei que você ficaria se pudesse.”

Bate fundo no coração. Malditos ninjas cortadores de cebola, cuidado porque eles vão surgir.

O Conto (The Tale)

Laura Dern num dos filmes mais importantes de 2018

Dirigido e escrito pela pessoa cuja a história do filme é baseada (Jennifer Fox), O Conto é necessário e um importante alerta de algo abominável. Em alguns momentos é muito difícil de ser visto, é um filme intenso e forte mas necessário.

Quem tem HBO Go pode assistí-lo na plataforma de streaming da emissora.


* Não tenho como comprovar esse dado, mas tenho convicções fortes e é o que basta não é mesmo?
** Alguns deles ainda podem ser lançados neste ano de 2019 nos cinemas.
*** Passou no cinema, mas quase ninguém viu.

2 thoughts on “10 Filmes que você provavelmente não viu em 2018 mas deveria assistir”

  1. Boa compilação. Os que passaram no cinema eu perdi, o jeito agora é correr atrás. Vou ficar no aguardo dos que ainda vão estrear no cinema. E esse da HBO já estava na minha watchlist do HBO GO, agora que eu assinei novamente pra assistir True Detective vou aproveitar pra ver. Agora fico no aguardo dos seus textos sobre todos esses filmes pra POCILGA. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *