Review | Caso Evandro (Podcast Projeto Humanos)

Especialistas da podosfera cravaram que 2018 seria o ano do crescimento e da popularização dos podcasts no Brasil. São inúmeros os possíveis motivos para esse fenômeno. Especula-se que a entrada dos serviços de streaming como Spotify – e sua imensa plataforma de usuários – na distribuição de podcasts tenha contribuído. Certo mesmo é que a diversificação do formato e do conteúdo são fatores preponderantes nessa equação de sucesso.

Um dos grandes destaques deste ano foi a série especial intitulada Presidente da Semana, produzida pelo jornalista Rodrigo Vizeu, da Folha de São Paulo. O programa em áudio conta em ordem cronológica a história dos presidentes brasileiros até o eleito em outubro deste ano. Contudo, na minha humilde opinião, o melhor e talvez o mais ousado trabalho de conteúdo concretizado para podcast em 2018 foi a nova temporada do Projeto Humanos.

A iniciativa é uma produção do já famoso AntiCast que, quando foi criado em 2011, era um programa dedicado a falar sobre design, comunicação e cultura. Hoje, é uma rede de podcasts com os mais variados temas, comandado por Ivan Mizanzuk – escritor, professor e jornalista que explora em seus programas uma visão crítica e questionadora dos assuntos mais espinhosos.

No Projeto Humanos, Mizanzuk investe pesado em um formato ainda pouco explorado no Brasil, o storytelling, bastante utilizado em podcasts dos EUA. Após longo e extenso trabalho de três anos de pesquisa, apuração e investigação, que não deixa em nada a desejar para as conhecidas práticas do jornalismo narrativo/literário, o jornalista cria uma primorosa série documental em formato de aúdio e distribuída gratuitamente na internet, no próprio site da iniciativa, ou em plataformas de distribuição de podcasts e serviços de streaming de música.

A grande sacada de Ivan, no entanto, só ganharia mesmo mais visibilidade com a quarta temporada, que analisa as minúcias do Caso Evandro, menino de sete anos de idade que desapareceu em Guaratuba, no litoral do Paraná, em 6 de abril de 1992. As suspeitas apontavam à época que o garoto havia sido sacrificado em um ritual satânico, levando o caso a ficar conhecido pela imprensa e pela sociedade como “As Bruxas de Guaratuba”.

Documentos, testemunhos, entrevistas, trechos dos autos dos processos, julgamentos e reportagens são cuidadosamente narrados no intuito de construir uma linha temporal dos acontecimentos do caso que até hoje deixa muitas dúvidas, questionamentos e contradições sobre quase todos os principais envolvidos. A série, ao todo, deve ter mais de 20 episódios. Seis deles contemplaram a primeira fase da temporada, que começou em outubro e terminou em dezembro, para somente retornar em fevereiro de 2019.

Ao longo dos primeiros episódios, o ouvinte tem contato com a descrição de cenas e relatos assustadores sobre o suposto crime. Sempre muito cuidadoso, Ivan Mizanzuk alerta o público sobre pontos contraditórios e reviravoltas do Caso Evandro que, em geral, não nos permite formular previamente uma opinião ou até mesmo tomar partido das mais de 80 pessoas citadas na história, a qual ganhou, inclusive, uma enciclopédia online para consulta, com materiais extras e fontes.

Assim como na famosa série documental Making a Murderer, da Netflix, provas e testemunhas são frágeis e questionáveis, causando perplexão e instigando o público a querer saber mais sobre os fatos. Quem curte thrillers criminais vai se envolver com a narrativa real que causa espanto pela quantidade de mistérios até hoje não solucionados. Os episódios também ofertam um incrível material de estudo para estudantes e operadores do Direito, em razão de diversos e improváveis desdobramentos judiciais do Caso Evandro.

E, por todas esses motivos, ouso arriscar que esse será um podcast para ganhar prêmio de jornalismo. Ficou curioso para ouvir? Então, desafio você a parar de ler agora e correr para baixar o Caso Evandro, do Projeto Humanos, no site www.projetohumanos.com.br ou nos serviços de distribuição de podcasts, Itunes, Spotify e assemelhados. Depois, volte aqui para deixar nos comentários suas impressões.

Trailer:

Ouça no Spotify:



Projeto Humanos – Temporada 4 (Caso Evandro)

Direção: Ivan Mizanzuk
Edição:
Ivan Mizanzuk
Trilha sonora e masterização: Felipe Ayres
Arte Visual: Saulo Mileti da Colosseo Design
Revisão e Consultoria: Pedro Ferrari, Joviana Marques, Isabela Cabral, Diogo Braga, Pablo de Assis e Gustavo Di Lorenzo

5 thoughts on “Review | Caso Evandro (Podcast Projeto Humanos)”

  1. Já estou no EP5, que história macabra. O Ivan Mizanzuk foi impecável em cada detalhe, sempre relembrando os fatos e cada detalhe importante para cada cena. Eu não sei o que esperar daqui pra frente.
    Este foi meu primeiro contato com este tipo de podcast, e já quero mais.

    1. Obrigada pelo comentário, Tiago. “Às vezes no silêncio da noite, eu fico imaginando” novos episódios do Caso Evandro (risos). Quais serão as próximas reviravoltas? Tô super ansiosa.

  2. Torço demais para que o Projeto Humanos faça no Brasil o que o Serial fez lá fora. Primeiro porque, claro, quero que essa mídia cresça, segundo porque Ivan é um cara muito gente boa. Mas principalmente porque essa temporada do Projeto Humanos está realmente fantástica.
    Excelente texto, também estou na angústia esperando o retorno do podcast só em fevereiro. Em seis episódios já tivemos reviravoltas a rodo, nem consigo imaginar o que mais vai rolar até o fim.

    1. Com certeza, o Ivan tá fazendo história com essa temporada. Tomara mesmo que esse formato de podcast se consolide no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *