Review | Tenacious D: Post-Apocalypto

A banda Tenacious D, formada pelo ator Jack Black e o músico Kyle Gass, lançou um novo disco chamado Post-Apocalypto. Para promover o álbum a dupla fez um projeto bastante audacioso. Seis semanas antes do lançamento o grupo começou a divulgar no YouTube um curta de animação por semana.

Misturar música e vídeo não é nenhuma novidade no universo musical. Diversos artistas já fizeram algo parecido, como Daft Punk e Beyoncé. Além disso, várias bandas também já realizaram discos temáticos que narram uma história, como Green Day e The Who. No entanto, o Tenacious D não pretende estar no mesmo nível que os artistas citados.

Quem já ouviu algum disco da dupla sabe que seriedade não é o forte deles. O intuito maior é a diversão e a zoeira. Inclusive, eles já investiram antes no audiovisual com o filme Tenacious D in The Pick of Destiny, e nele é possível constatar ainda mais o estilo de humor que eles exploram.

Mesmo sendo besta e tosco, Post-Apocalypto, a animação, é um projeto ambicioso. Jack Black fez todos os desenhos e a dupla escreveu, dirigiu e fez todas as vozes. Além é claro de terem feito todas as músicas. No final das contas a série de tv, já que está disponível no YouTube em 6 episódios, esbanja criatividade e autenticidade. Como o próprio Black diz, Post-Apocalypto é 100% Tenacious D.

Na história a Terra sofre um apocalipse e a dupla Jack Black e Kyle Gass vai parar em um mundo pós-apocalíptico. Em cada 1 dos 6 episódios eles se envolvem em novas confusões, parodiando diversos elementos de filmes do gênero. Então temos alienígenas, viagem ao espaço e no tempo, criaturas mutantes, entre outros. E em cada capítulo temos um ou duas músicas do disco Post-Apocalypto, que ajudam de forma musical a contar a narrativa.

Obviamente não podiam faltar diversas referências pop e também a participação visual de algumas celebridades. O humor do Tenacious D é uma mistura de nonsense, besteirol e acidez. A animação brinca com o gênero pós-apocalíptico e aproveita para fazer um pouco de crítica e zoeira com política, com direito a uma passada pela Casa Branca.

No entanto, o tema mais “polêmico” abordado por Post-Apocalypto é sexo. Por se tratar de uma animação com uma qualidade artística tosca, a dupla Tenacious D aproveita para mostrar diversas cenas de sexo com pênis e vaginas explícitos, mas que são “amenizados” pelo “estilo” do desenho.

Já o disco Post-Apocalypto também é divertido, mas sem dúvidas ele só funciona bem após assistir a animação. A idéia de fazer um desenho para promover o álbum é muito boa, já que nos dias de hoje dificilmente paramos para somente ouvir música sem associar a alguma outra atividade. Então ao associar a uma narrativa animada, o Tenacious D arrumou uma boa solução para que o público preste um pouco mais de atenção ao seu novo trabalho musical.

Tenacious D: Post-Apocalypto é extremamente tosco e besta, mas esse é justamente o seu diferencial, aquilo que o torna divertido e interessante, para ver e ouvir.

Assista:

Ouça no Spotify:


Uma frase: – Jack Black: “Nós temos que pagar o aluguel.”
– Kyle Gass: “Bom, eu acho que vamos ter que fazer um novo álbum.”

Uma cena: A primeira aparição do cachorro de 2 cabeças Hope (Esperança).

Uma curiosidade: Jack Black desenhou fisicamente cada frame da animação usando marcadores e bloco de anotações, e o baixista e produtor John Spiker escaneou e digitalizou as imagens. Depois Michael Molina adicionou as cores.


Tenacious D: Post-Apocalypto

Direção: Tenacious D
Roteiro:
Tenacious D
Elenco: Jack Black e Kyle Gass
Gênero: Animação, Comédia, Música
Ano: 2018
Emissora: YouTube

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *