Top 5 | Os Melhores Jogos de beat´em up

Chegou a hora da equipe da POCILGA se reunir novamente para uma votação. O nosso Top 5 chegou ao mundo dos games e escolhemos os 5 melhores jogos do gênero beat´em up.

Esse tipo de game ficou famoso principalmente na época dos fliperamas e tiveram clássicos como Double Dragon, Final Fight, entre outros. A mecânica geralmente é simples e em 2D, e é focado no combate corpo a corpo (se usar armas de pequeno alcance também se classifica como hack and slash) contra múltiplas ondas de inimigos.

O Top 5 foi montado a partir das listas dos porcolunistas: Dario Lima, Jotazêr, Junio, Lionel Leal, Marcio Melo, Rafael Saldanha e Ramon Prates. Aproveitem para comentar quais os seus 5 jogos favoritos do gênero. Vamos a nossa lista:

5 – Captain Commando (1991)

Captain Commando
Produtora e Editora: Capcom
Plataforma: arcade e com conversão/relançamento para: Super Nintendo, PlayStation, PlayStation 2, Xbox e PSP

O mais curioso em relação a Captain Commando são os seus personagens. Fora o protagonista, temos um ninja, um bebê e uma múmia. Só por essa originalidade o game já merece um lugar nessa lista. Ele segue bem a linha beat´em up e fez muito sucesso nos fliperamas, fazendo com que os jogadores gastassem muitas fichas com diversão garantida.

4 – Battletoads (1991)

Battletoads
Produtora: Rare
Editora: Tradewest
Plataformas: Nintendo Entertainment System, Sega Mega Drive/Genesis, Sega Game Gear, Game Boy, Amiga CD32, Arcade, Super Nintendo Entertainment System

Battletoads é considerado um dos jogos mais difíceis de todos os tempos, e também um dos mais divertidos. Inicialmente eles parecem uma versão sapo das Tartarugas Ninja, mas seu universo é bem interessante. A dupla de sapos mutantes adolescentes (!?), Rash e Zitz devem salvar seu irmão Pimple e a Princesa Angelica da malvada Dark Queen, líder do planeta Ragnarok, com a ajuda do Professor T. Bird e sua nave espacial, The Vulture (fonte Wikipédia). Após muito tempo sem ganhar novos games, a franquia vai ganhar um novo jogo em breve. Vamos ver se vai fazer jus a esse grande clássico.

3 – Scott Pilgrim vs. the World: The Game (2010)

Scott Pilgrim vs. the World: The Game
Desenvolvedora e Produtora: Ubisoft
Plataformas: PlayStation 3 e Xbox 360

Esse é único jogo da lista das gerações de consoles mais recente, mas a graça do game é justamente pegar o espírito de nostalgia dos beat´em up de 16 bit e fazer uma versão “moderna”. Esse estilo “neo retrô” combina bastante com a HQ de Brian Lee O’Malley e usa os desenhos do artista como base para os gráficos. Scott Pilgrim vs. the World: The Game foi lançado na mesma época do filme e transfere muito bem o universo do filme/quadrinhos para os videogames de forma extremamente divertida.

2 – Streets of Rage 2 (1993)

Streets of Rage 2
Produtora e editora: Sega
Plataformas: Mega Drive, Master System e Sega Game Gear

A franquia Streets of Rage sem dúvidas é uma das mais importantes do gênero e marcou época no Mega Drive (ou Genesis, se preferir). Esse segundo jogo marca uma evolução na jogabilidade com novas opções de voadoras e especiais. E também a inclusão de um novo personagem jogável. No mais segue bem as características dos beat´em up com cenários urbanos, e claro, uma trilha sonora memorável, marca registrada do game da Sega.

1 – Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time (1992)

Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time
Produtora e Editora: Konami
Plataformas: Arcade, Super NES

As Tartarugas Ninja fizeram muito sucesso com sua animação nos anos 1990 e era óbvio que os personagens ganhassem um game. E o gênero beat´em up combina bastante com eles. Após o sucesso em sua versão nos fliperamas, a Konami lançou o jogo para o SNES. Turtles in Time é uma mistura de continuação com conversão/adaptação para a plataforma da Nintendo. O resultado não deixou nada a desejar a sua versão arcade e ainda tem elementos mais interessantes. Tanto que o game está aqui no topo da nossa lista.

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *