Crítica | A Place Further Than The Universe (Sora Yori Mo Tooi Yo Basho)

“Uma jornada sempre começa com o primeiro passo”.

 

Sora Yori Mo Tooi Yo Basho ou A Place Further Than The Universe, é um anime do estúdio Madhouse (One Punch Man, Hunter x Hunter) e foi exibido na temporada de inverno no Japão.

O anime segue a história de Mari Tamaki, uma colegial que se vê presa a um dilema que todos nós passamos ou vamos passar um dia: eu realmente estou aproveitando a vida ao máximo? Decidida a partir numa jornada ela decide viajar, mas as coisas não acontecem como o esperado.

O medo, a ansiedade, dar o primeiro passo é sempre a coisa mais difícil. Isso muda até ela conhecer Shirase Kobuchizawa. Determinada a encontrar a mãe, Shirase tem o sonho de ir pra Antártica, isso acaba motivando Mari a viajar para este lugar mais longe que o universo.



De início essa obra pode parecer mais um anime de garotas bonitinhas fazendo coisas fofas, mas ao longo dos episódios percebe-se que ele é mais do que isso. Esse anime toca em pontos como ansiedade, problemas de comunicação, depressão e luto. O anime ainda conta com uma direção muito bem feita da Atsuko Ishizuka que trabalhou anteriormente em No Game No Life, em específico uma cena no segundo episódio que resume muito bem o sentimento da série.

A comédia desse anime é outra coisa que merece destaque, ela não força o espectador muitas vezes com piadas que provocam gargalhadas na hora, ela prefere trabalhar com as sutilezas (um personagem fazendo algo em segundo plano, por exemplo). Da animação não preciso falar muito da Madhouse que é conhecida por mandar bem em seus projetos e aqui não é diferente: a animação é fluida com destaque nas partes emocionais em que os personagens precisam demonstrar alguma emoção.

Por fim, o seu destaque está nas personagens. Todas as garotas tem uma personalidade única bem definida e um arco a resolver. É muito fácil identificar-se com pelo menos alguma delas porque todas elas passam por algo que nós já lidamos algum dia, o que cria uma sensação de ligação com as personagens.

A Place Further Than The Universe é uma grande surpresa nessa temporada,é um anime que sabe abordar vários temas pesados sem se sustentar muito no melodrama e contém personagens muito bem trabalhados, vale a pena a conferida.

A Place Further Than The Universe está disponível para streaming no Crunchyroll 

Luan, nosso convidado se descreve como “Soteropolitano que um dia sonhou que era uma borboleta.” 



A Place Further Than The Universe

Direção:  Atsuko Ishizuka
Roteiro:  Jukki Hanada
ElencoInori MinaseKana HanazawaYuka IguchiSaori HayamiMamiko Noto
Gênero: Animação, Comédia, Drama
Ano: 2018
Episódios: 13 

 

 

Amante de waifus e tsunderes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *