Resenha de Livro | O Diário de Anne Frank

Entre 12 de junho de 1942 e 1º de agosto de 1944 Anne Frank escreveu um diário que entrou para a História. Nascida na Alemanha, ela teve que se refugiar com a família em Amsterdam durante a Segunda Guerra. A perseguição ao povo judeu estava cada vez mais doentia, então Anne e sua família passaram a se esconder em um local que ficou conhecido como Anexo Secreto.

Em seu diário, Anne escrevia sobre diversos assuntos, dos mais fúteis aos mais sérios e relevantes. Aos poucos, entendemos a dinâmica dos 8 habitantes do anexo e toda a dificuldade enfrentada por eles. E claro, vamos conhecendo a fascinante Anne.

A garota sempre demonstrou possuir uma personalidade forte. Ela queria ser jornalista, adorava História, árvores genealógicas e literatura. Mesmo enclausurada e vivendo com medo constante, tinha seus sonhos. Vários momentos do livro são marcantes. Confesso que fiquei impressionado com o brilhante retrato que ela fez sobre a mulher na sociedade daquela época. A garota tinha uma mentalidade muito à frente do seu tempo.

Destaco também o que ela escreveu no dia 6 de junho de 1944, o dia D. Ter uma pequena noção do que a invasão representou para aquele sofrido povo judeu é indescritível. Eles acreditavam que poderiam escapar com vida.

O Diário de Anne Frank nos proporciona um misto de emoções. É inevitável não ser transportado para aquela dura realidade. É extremamente triste saber que aquela garota cheia de vida teve sua existência abreviada pela ignorância do ser humano de um jeito tão cruel. E quando lembramos que ela foi apenas uma dos 6 milhões de judeus vítimas do Holocausto, a desesperança em relação ao mundo fica quase insuportável.

E quantas coisas ruins aconteceram desde então? A raça humana não aprende.

Mas assim como Anne, temos que encontrar a felicidade nas pequenas coisas e jamais perder a esperança.

Nota: 10


O Diário de Anne Frank
Primeira publicação: 1947
Páginas: 349
Editora: Record

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

2 thoughts on “Resenha de Livro | O Diário de Anne Frank”

  1. Durante muito tempo, tive receio de ler esse livro, mas quando eu finalmente o li, que maravilha! Um dos melhores livros que eu já vi. O diário é um importante registro histórico, inclusive do crescimento de Anne, de suas angústias e desejos. Perfeito o seu texto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *