Resenha de Livro | Meio Sol Amarelo

Crianças apáticas com a pele despigmentada e os cabelos caindo com o vento. Até parece que elas tem uma bola de futebol na barriga. Isso é o Kwashiorkor, doença que afetou grande parcela da população infantil durante a Guerra Civil da Nigéria. Você também não se lembra de ter estudado sobre esse conflito na escola? Pois é, esse fato histórico é um tanto desconhecido para nós ocidentais.

Ler o maravilhoso e brutal livro de Chimamanda Ngozi Adichie chega a ser obrigatório.

Entre 1967 e 1970 o sul da Nigéria, cristão, decidiu se separar do norte, muçulmano. Assim foi criado o estado de Biafra, que teve curta e sofrida duração.

Meio Sol Amarelo tem cinco personagens principais. O professor revolucionário Odenigbo e seu serviçal Ugwu, as irmãs gêmeas Kainene e Olanna e o jornalista britânico Richard. Alternando entre o começo e o final dos anos 1960, a autora nos mostra todo processo que mudou uma nação e destruiu vidas pelo caminho.

Cada personagem é desenvolvido com maestria. Nossa aproximação com eles é total. Não há como não sofrer com eles diante de tantas mudanças. O que parecia ser um sonho realizado, torna-se um pesadelo. A vida era boa para Odenigbo, Olanna e Ugwu. Mas aí o massacre começou…

Chimamanda não poupa o leitor de detalhes perturbadores ocorridos durante o período da guerra. Os civis – principalmente, as crianças – sofreram ainda mais do que os soldados. Atos de crueldade se tornaram constantes. Ninguém tinha mais certeza de que acordaria no outro dia.

É difícil escolher um momento ou um personagem preferido. Particularmente, devo dizer que a cena no trem envolvendo um recipiente e seu conteúdo não sairá tão cedo da minha memória. E que o arco narrativo de Ugwu é fascinante.

Apesar do material forte, não se trata de uma experiência totalmente depressiva. Há momentos de felicidade principalmente na primeira parte do livro. Meio Sol Amarelo é literatura de qualidade e também um lembrete de algo que jamais deve ser esquecido.

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

2 thoughts on “Resenha de Livro | Meio Sol Amarelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *