Mini Review | Um Cadáver para Sobreviver (Swiss Army Man)

Com um senso de humor estranho e flatulento (sim, temos muitos peidos), “Um Cadáver para Sobreviver” é uma daquelas obras que não são tão fáceis mas que, em meio aos ‘absurdos’, traz atuações muito boas tanto do Daniel Radcliffe quanto do sempre interessante Paul Dano.

A história abraça o ‘nonsense‘ de uma forma inusitada para trazer algumas reflexões sobre o que nos fazem ser aceitos (ou não) em meio a sociedade.

Se você conseguir passar da cena inicial no qual o personagem do Dano utiliza o ‘cadáver’ “canivete suiço” (remetendo ao título original) como um jet sky propulsionado por uma imponente flatulência turbo, você tem tudo para terminar o filme, entender a mensagem ao final e se divertir com ele.

3 Kevin Bacons de 5

2 thoughts on “Mini Review | Um Cadáver para Sobreviver (Swiss Army Man)”

  1. Eu achei esse filme péssimo, um dos piores do ano. Eu pensava que fosse uma espécie de Náufrago com elementos de comédia (que poderia ser uma ideia até interessante), mas ele tem ele tenta por algumas coisas de drama e de romance e o resultado final ficou bem ruim.

    1. É um filme complicado por conta do ‘besteirol’ que rola no início, mas tem umas lições bem legais por debaixo de toda as flatulências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *