Clássicos | As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant

As Lágrimas Amargas de Petra von Kant talvez seja o ápice da carreira de Rainer Fassbinder, diretor que teve uma morte precoce e foi um dos nomes importantes do Novo Cinema Alemão. Adaptação de uma peça escrita pelo próprio Fassbinder, não se trata de uma experiência fácil. Ambientado em apenas um cenário, possuindo poucos cortes e muitos diálogos, As Lágrimas Amargas de Petra von Kant pode ser tão inquietante como a personagem título. Petra Von Kant, uma estilista, viúva e alcoólatra, não faz mais do que ir se destruindo psicologicamente aos poucos. As aparências vão se desfazendo à medida que ela se relaciona com as mulheres de sua vida. Investindo pesado nas relações humanas e carregado de sentimentos pungentes, temos aqui um material totalmente não hollywoodiano. Destaque para a dinâmica repleta de nuances de Petra com a femme fatale Karin. Doloroso e fascinante, é um filme que exige certa paciência do público inicialmente. Quando nos acostumamos com o estilo do diretor, a tendência é entrarmos com tudo na história.
IMDb

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *