Clássicos | A Última Sessão de Cinema (1971)

 

A Última Sessão de Cinema retrata a vida um tanto melancólica de uma pequena cidade do Texas. A trama se passa nos anos 1950 e foca nos jovens Sonny e Duane e no amadurecimento de ambos.

Utilizando uma preciosa fotografia em preto e branco e um ritmo mais cadenciado, o diretor Peter Bogdanovich criou um clássico instantâneo. Sonny e Duane são amigos que fazem o que a juventude dos anos 1950 nos Estados Unidos fazia: jogam no time de futebol da escola, frequentam o cinema, o drive in e tentam a sorte com as mulheres.

O filme ganha em profundidade e importância ao dar voz a personagens desiludidas com suas escolhas de vida. Os diálogos entre a garota Jacy e sua mãe são reveladores neste sentido. As perspectivas de um futuro feliz são pequenas para a maioria dos habitantes dessa cidade.

Demonstrado ousadia em várias sequências, A Última Sessão de Cinema é um filme repleto de camadas. Podemos notar uma boa quantidade de temas abordados, sempre com muita propriedade.

Poucas vezes vemos os relacionamentos humanos sendo apresentados com tamanha honestidade.


Uma frase: Ficar louco por uma mulher como ela é sempre a coisa certa a se fazer. 

Uma cena: Sam falando para Sonny e Duane sobre um momento específico da sua vida.

Uma curiosidade: A atuação de Ben Johnson de 9 minutos e 54 segundos foi a mais curta a vencer um Oscar de ator coadjuvante.

 

.


A Última Sessão de Cinema (The Last Picture Show)

Direção: Peter Bogdanovichthe_last_picture_show_movie_poster
Roteiro: Peter Bogdanovich
Elenco: Timothy Bottoms, Jeff Bridges, Cybill Shepherd, Ellen Burstyn
Gênero: Drama
Ano: 1971
Duração: 118 minutos
Info: IMDb

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *