Exposição O Mundo de Tim Burton

A exposição “O Mundo de Tim Burton” foi montada pela primeira vez pelo museu MoMA de Nova York em 2009. Além dos Estados Unidos, já passou por países como França, Austrália e Républica Checa. O Brasil, mais especificamente a cidade de São Paulo, é o primeiro lugar da America Latina a receber a exposição que conta com mais de 500 itens relacionados à carreira do diretor. Na coleção temos desenhos raros, esboços, pinturas, maquetes, vídeos, objetos pessoais e storyboards, além de alguns bonecos utilizados nas animações em stop-motion como “O Estranho mundo de Jack” e “Frankenweenie”.

O Museu de Imagem e do Som (MIS) de São Paulo foi o local escolhido para a exposição, que já recebeu diversas mostras de conteúdo pop como David Bowie e Stanley Kubrick. A exposição de alguma forma tenta mostrar um pouco do processo criativo do diretor Tim Burton para fazer com que o visitante tente entender um pouco o que se passa na cabeça dele. O primeiro painel já mostra as suas principais influências que foram os filmes de terror dos anos 50.

mundo-tim-burton-foto1

São ao todo 5 salas no qual o visitante entra um pouco no fantástico mundo de Burton: Humor, Terror, Felicidade, Angústia/Melancolia e Encantamento. A cenografia, assim como nos filmes do diretor, é a peça fundamental da exposição para ajudar a entrar no clima. E apesar de contar basicamente com desenhos e fotografias, tem algumas partes que exigem uma interação do público.

Uma delas é uma roda gigante com diversas cabeças do Jack Skellington, então ao apertar um botão uma luz se acende e o movimento da roda faz com que as cabeças simulem uma animação com diversas mudanças faciais de Jack. Uma outra é que a exposição começa no 2º andar do museu, então para chegar ao 1º tem um escorregador. Ao descer já damos de cara com um boneco inflável gigante do Menino Balão, que é um personagem criado em 2011 feita por uma loja de departamento dos EUA que organiza um desfile de balões uma vez por ano em Nova York.

mundo-tim-burton-foto2

Para quem não conhece tanto sobre ele e também para ajudar a entrar no clima, o MIS criou uma playlist no Spotify com músicas dos filmes e também alguns áudios contando um pouco da história do diretor. E no museu tem wi-fi, então é só levar o seu fone de ouvido para curtir.

No mais é possível ver uma evolução do trabalho de Burton ao ver seus desenhos em início de carreira até chegar a seus trabalhos mais famosos no cinema. Tem até um rabisco numa folha de jornal ou até mesmo uma parte apenas com desenhos em guardanapos. Ou seja, sua inspiração pode surgir em qualquer momento e ele não podia perder a oportunidade de registrar.

Uma das partes que eu mais gostei foi a que mostra alguns dos projetos não realizados de Burton. Um deles seria o filme “Superman Lives” então temos alguns desenhos e um boneco de como seria o vilão Brainiac. Outros pareciam bem promissores e “bizarros” (marca registrada do diretor) como uma versão meio zumbi da Chapeuzinho Vermelho ou uma versão de Romeu e Julieta.

A parte final mostra os filmes do diretor e é onde podemos ver alguns dos esboços de personagens como Bettlejuice, Batman, entre outros. Tem uns bonecos dos Umpa, Lumpa bem legais, além dos já citados “O Estranho mundo de Jack” e “Frankenweenie”. Existe ainda uma sala em que vídeos ficam sendo exibidos com alguns esboços de animação não finalizados criados por Burton.

mundo-tim-burton-foto3

A exposição é um prato cheio para fãs de Tim Burton por (tentar) apresentar uma ideia do que se passa na cabeça do diretor e mostrar um pouco do seu lado mais pessoal através de seus desenhos para ter uma noção maior do seu processo criativo. Eu que sou fã fiquei totalmente feliz e satisfeito com “O Mundo de Tim Burton”. E vamos ver se a exposição vai ser montada em alguma outra cidade brasileira.

  • Não era permitido tirar fotos na exposição, então as fotos da postagem foram tiradas do site G1
  • A exposição está em cartaz desde o dia 4 de Fevereiro de 2016 e foi prorrogada até o dia 5 de Junho de 2016, aproveitem para visitar!

Filmes comentados:
A fantástica Fábrica de Chocolate
A noiva-cadáver
As Grandes Aventuras de Pee-wee
Alice no País das Maravilhas
Ed Wood
Frankenweenie
Grandes Olhos
Sombras da Noite
Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

Livros:
O Estranho Mundo de Tim Burton
O triste fim do pequeno Menino Ostra e outras histórias

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *