Gênios em Batalha #2: Cal Lightman x Patrick Jane

Mais uma batalha de gênios, dessa vez vamos ser espectadores da luta de dois detetives criminalísticos, de um lado temos Cal Lightman da série Lie To Me, perito em expressões faciais, linguagem corporal e especialista em detectar mentiras através de microexpressões, do outro temos o ex-médium e detetive particular da CBI, Patrick Jane, o Mentalista especialista em linguagem corporal, leitura da mente, comportamento humano e principalmente resolução de Assassinatos. Quem será que vence esta batalha?

Cal Lightman x Patrick Jane

Patrick Jane é um “ex” médium que, dentre outras qualidades, tem poderes de dedução extraordinários, uma capacidade de leitura corporal surpreendente e conhecimento vasto da psique humana. Ele é com se fosse uma mistura de Sherlock Holmes com seu sarcasmo ácido e total despreocupação com valores morais ou éticos, com um pouco da rebeldia do Dr. House, principalmente no que se diz respeito a passar por cima de seus superiores usando métodos nada convencionais e um humor negro bastante inteligente. Ele é o protagonista da série The Mentalist, sua história é bem incomum da maioria dos detetives que estamos acostumados a ver, na verdade sua motivação para desvendar casos não é fruto de um valor moral ou necessidade de ajudar a sociedade ou algo do gênero, Jane na verdade está fazendo uma troca.

Nosso querido personagem de olhos de tigre, antes de se tornar um detetive, explanava que tinha o dom de se comunicar com os mortos e dar recados aos entes queridos dos falecidos, arrancava dinheiro de pessoas com seus métodos 100% técnicos e persuasivos e muito além, aos 16 anos ele trabalhava em um circo com o seu pai, adivinhando informações sobre as pessoas usando apenas a leitura corporal e análises psicológicas, observando suas vestimentas, maneira de portar, falar ou simplesmente andar. Patrick desde novo tinha olhos de “Raio X“, examinando minuciosamente seus alvos. Uma das ocasiões que fizeram com que essa sua habilidade sobressaísse foi quando ele adivinhou que a avó da mulher da plateia de seu espetáculo tinha morrido apenas pela pulseira que ela carregava no pulso esquerdo. Tudo isso pelo simples fato dela estar com olheiras de choro e toda vez que ele falava a respeito da morte de um ente querido, ela segurava a pulseira.

Com isso, ele foi crescendo e se tornando um especialista em enganar pessoas dessa forma, se intitulando médium. Durante um programa de TV, Patrick resolveu dar a análise psicológica de um Serial Killer chamado Red John que vinha matando mulheres a cerca de 11 anos e nunca foi pego. No momento que Jane deu a analise psicológica do Serial Killer em rede nacional, ele não fazia ideia do que poderia acontecer à ele. Chegando em casa ele se depara com um bilhete na porta do quarto da sua esposa e dentro encontra ela e sua filha mortas e ensanguentadas, vítimas do serial killer que ele havia dado a análise psicológica.

The_Mentalist_Wallpaper_by_FreyaBigg
Patrick Jane

Depois disso, Patrick jurou vingança à memória de sua família e se juntou à unidade de crimes da Califórnia, CBI. Ele ajudaria a solucionar casos, mas com o intuito apenas de ficar próximo as investigações do caso do Red John, assassino o qual matou sua esposa e filha. Esse é o enredo da série, a partir de agora vamos colocar alguns pontos desse personagem tão genial e talvez um dos maiores do mundo das séries.

Sua capacidade em solucionar crimes é impressionante, mas a habilidade em ler pessoas é fascinante. Patrick consegue apenas com poucas informações saber tudo a respeito de um indivíduo, em um caso ele encontrou um homem morto e de longe analisou seu corpo e contou informações íntimas dele que foram confirmadas depois:

Ele usa abotoaduras na manga esquerda, deve ser um banqueiro, porém usa anel no dedo anelar, indicando um status de poder, seus botões estão abotoados de maneira errada, ele devia estar em outro lugar antes de estar aqui, talvez com uma amante, seu perfume é de mulher“.

Ele possui uma habilidade de dedução e observação extraordinária, em um caso ele descobriu que o “cadeirante” era o assassino, pois suas solas de sapato estavam gastas, seus olhos de “Raio X” não deixam nada passar despercebido, seu detalhismo é algo fora do comum, ele analisa tudo, desde a maneira como coça o nariz até como dá o primeiro passo, as pessoas para ele são enigmas fáceis a serem descobertos.

Não podemos deixar de citar sua memória esplêndida, sem dúvidas é uma de suas maiores habilidades. Ele possui um método de memorização ao qual consegue memorizar qualquer coisa, se chama “Palácio da Memória“, nesse palácio tudo que entra nele se torna vivo. Vou dar um exemplo: 274 parece um número normal, certo? Talvez uma senha de banco ou número de uma casa, mas na mente de Patrick é diferente, ele memoriza da seguinte forma, transformando os números em personagens, o número 2 é associado a um pato devido sua forma semelhante ao número, o número 7 ele pensa em um gato que possui 7 vidas, o 4 ele pensa em um carro já que o mesmo possui 4 rodas, então logo na mente dele ele cria um cenário ou uma história com esses personagens.

Esse seu método o fez memorizar todo baralho e quebrar a banca em Las Vegas, porque os naipes das cartas se tornam personagens nesse seu “Palácio da Memória“, logo tudo se torna vivo e nada consegue escapar de sua memória, ele já saiu de 2 prisões apenas jogando Poker e conseguindo o dinheiro da fiança, conseguiu decorar uma lista telefônica em poucas horas, sem dúvidas sua memória é algo incrível e fora do comum. Ele possui um detector de mentiras quase igual ao do Cal Lightman de Lie To Me. Cal consegue notar mais de 10.000 microexpressões no rosto e desvendar certas emoções que aparecem por cerca de 1.2 segundos. Patrick, por sua vez, não é tão exagerado a esse ponto, mas sua capacidade de leitura facial também é uma das suas habilidades. Ele consegue notar certas feições não apenas na face, mas na linguagem corporal, a maneira como toca o rosto quando mente ou cruza os braços como sinal de proteção, ou quando coloca a mão no bolso quando fala a respeito de algo mostrando que esconde algo ou está mentindo. Patrick consegue notar todas essas nuances e detalhes que, às vezes passam a despercebido pela maioria, existem casos que ele resolveu em menos de 90 segundos apenas analisando a vítima e as testemunhas ao redor, chegando rapidamente ao assassino e solucionando o caso.

O ex médium usa de métodos nada convencionais ou morais pra conseguir confissões ou solucionar certos crimes, uma vez ele enterrou vivo um sujeito e só o libertou quando ele admitiu ser o assassino do caso, assim como já se infiltrou dentro de uma prisão pra extrair informações a respeito de um dos suspeitos de um (outro) assassinato. Ele não possui nenhum senso do que podemos dizer de moral da sociedade, ele não respeita regras, ele simplesmente usa de meios para seus próprios fins, Jane é sem dúvidas um verdadeiro gênio, se você ainda não o conhece, procura essa série e assista, com certeza vai se apaixonar por esse detetive sarcástico e viciado em chá que dorme em um sofá apenas. Uma de suas curiosidades é que desde que sua família foi morta, ele usa a mesma roupa, um conjunto de 3 peças, e toda vez que fala do Red John, sua feição muda e sua pupila se dilata.

Cal Lightman, protagonista da série Lie to Me não fica por baixo de Patrick Jane, suas habilidades são incríveis, ele trabalha como cientista sobre “detecção” de mentiras através da expressão facial, parece meio simples, não? Só parece. Nosso rosto possui cerca de 40 a 43 músculos, somos capazes de transmitir mais de 10.000 microexpressões faciais de diversos tipos de sensações, sentimentos e até pensamentos, cada microexpressão dura cerca de 1.2 segundos e é praticamente imperceptível aos olhos humanos, porém Cal consegue identificar todos. Extremamente arrogante, egocêntrico, petulante e sarcástico, sem dúvidas um dos personagens mais geniais e queridos do mundo das séries. Ele passou cerca de 3 anos em uma tribo apenas estudando essas microexpressões, ele é extremamente analítico e nem um pouco convencional, seus métodos são como o do Patrick, mesmo ele sendo o chefe, ele não hesita em fazer o que é necessário pra obter a verdade.

Carl Lightman
Cal Lightman

Diferente do Jane, Cal não trabalha em cenas de crimes e não resolve casos, ele tenta impedi-los. Seu trabalho está relacionado com a obtenção de informações e interrogatórios onde ele analisa minuciosamente seus entrevistados, em sua maioria assassinos e terroristas. Ele já foi contratado pela CIA, FBI, INTERPOL, dentre outras organizações. Sr. Lightman possui não apenas o dom surpreendedor de identificar mentiras, ele consegue tirar verdades simplesmente através de uma microexpressão de 1.2 segundos. Sem dúvidas é um adversário a altura para Patrick Jane.

Cal possui alguma habilidade também em linguagem corporal, ótimo em “leitura” de pessoas, mas diferente do Jane, ele encara tudo de uma maneira técnica e científica. Patrick é um pouco mais moderado digamos assim, ele gosta de ler pessoas pra extrair coisas as quais só a ela sabe, coisas do seu íntimo, personalidade, sentimentos, seu passado ou presente. Já Cal analisa apenas o que ele quer, a verdade nua e crua, ambos os personagens são frios, céticos, calculistas, inteligentes e evitam qualquer tipo de contato ou relação social, em algumas áreas científicas o conhecimento de Cal é superior ao Patrick, pois ele não fez faculdade e muito menos mestrado, tudo que ele aprendeu foi sozinho. Suas habilidades psíquicas de médium e em linguagem corporal não foram desenvolvidas e refinadas por meio de estudos ou análises comportamentais ou por um diploma.

Lightman possui um conhecimento superior na área científica, porém em matéria de solução de assassinatos e de leitura de comportamento humano, Patrick Jane domina com maestria. Em base na situação onde o objetivo é solucionar/impedir crimes ou assassinatos, a vitória vai pra nosso Sherlock Holmes Loiro, o Patrick Jane de The Mentalist.

Entendo Fight Club de trás pra frente, mas não entendo Donnie Darko de jeito nenhum e o pião de Inception não me confunde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *