Review | Agents of S.H.I.E.L.D. – 3×08: Many Heads, One Tale

Preciso afirmar novamente como estou impressionado em como essa 3ª temporada de Agents of S.H.I.E.L.D. está caminhando bem sem muita enrolação e com uma boa reviravolta em cada episódio. E o melhor de tudo é que o gancho do episódio anterior geralmente está sendo resolvido no seguinte. Em “Chaos Theory” ficamos na dúvida de Rosalind (Constance Zimmer) estaria ou não evolvida com a HYDRA. Aqui em “Many Heads, One Tale” Coulson monta um esquema justamente para descobrir isso.

Aviso de SPOILERS

Os comentários abaixo descrevem acontecimentos presentes em Many Heads, One Tale, o oitavo episódio da terceira temporada de Agents of S.H.I.E.L.D.

O próprio título do episódio já faz referência ao lema da HYDRA que se uma cabeça fosse arrancada, duas crescem no lugar. Então podem existir muitas cabeças dentro da organização, mas apenas uma história. Como vimos no episódio anterior Ward estava junto com Gideon Malick (Powers Boothe) bolando um plano para acabar com a S.H.I.E.L.D., mas acontece uma reviravolta. Malick abandona a sala e manda seus homens atacarem Ward.

A relação entre os dois é interessante por rolar uma mistura entre a necessidade deles estarem juntos para serem ainda mais fortes na luta contra a S.H.I.E.L.D., mas ao mesmo tempo eles acham que mesmo sozinhos dariam conta do recado e estariam dispostos a passar por cima do outro. Então ficamos em dúvida se Malick mandar seus homens atacarem Ward seria uma forma de se livrar dele ou se seria apenas mais um “teste”.

Essa dúvida poderia se prolongar por mais de um episódio, mas após Ward dar um jeito nos capangas de Malick e conseguir tirar deles uma pista de onde estaria um dos cofres escondidos de Malick, eles se encontram novamente no local e o cara revela que tinha mudado de ideia. Ou seja, aquilo serviu apenas de teste e Ward tinha se saído muito bem. Agora quero ver como essa relação vai evoluir pois como falei, ambos parecem estar dispostos a passar por cima do outro.

Rosalind: HYDRA ou não

Enquanto isso Coulson convoca a sua equipe para uma missão. Ele vai receber a visita de Rosalind na base da S.H.I.E.L.D. e ao mesmo tempo eles irão se infiltrar na ATCU para descobrir mais a respeito da organização. Bobby e Hunter irão disfarçados ao local, enquanto Daisy e Mack coordenam a missão e invadem o sistema deles. Qualquer problema Lincoln e May estariam de sobreaviso caso seja necessário ajuda no local. E Coulson fica na base “enrolando” Rosalind.

A primeira coisa a se observar é que Lincoln meio que foi oficializado como agente da S.H.I.E.L.D. e sua 1ª missão seria ao lado de May. Obviamente rola aquele clima “estranho” entre eles. Ele começa a falar e ela fica calada, mas quando ela resolve falar é para pedir desculpa em nome do Dr. Garner/Lash. Afinal de contas o “monstro” matou alguns dos amigos de Lincoln. Foi uma cena bem interessante. Achei que a inclusão de Lincoln a equipe foi meio rápida, mas parece que não temos mesmo muito tempo para enrolação. Agora o “romance” entre ele e Daisy foi deixado de lado. Os dois se encontram a falam a respeito, mas ela diz que prefere deixar as coisas acontecerem sem planejamento. Vamos ver se o clima de romance vai voltar ou vão ficar apenas como amigos.

Foi muito bom também ver Bobby e Hunter juntos novamente em campo. Ele acabou ficando com a parte mais “tranquila” enquanto ela teve que se virar e sair na mão com alguns caras. Ela teve tempo de mostrar seu brinquedo novo, bastões que voltam para sua mão graças a uma pulseira que ela estava usando. O efeito ficou parecido com o Thor com seu martelo. E ela descobriu que na verdade os planos da ATCU não envolvem guardar os Inumanos em quarentena e sim criar novos e usá-los como armas. Ela inclusive enfrenta um deles e com a ajuda de Hunter consegue ganhar.

Enquanto isso Coulson parte para o confronto psicológico com Rosalind. Ele fala de suas suspeitas sobre ela e temos uma cena muito boa entre os dois mostrando seus respectivos talentos como atores e que tem muita química entre si. A deixa foi ela ter falado sobre o Thaiti, mas depois dizer que não conhece ninguém da S.H.I.E.L.D., então quem teria falado isso para ela. Sim, eles mesmo: Gideon Malick.

Agora tudo faz sentido. Malick é também conselheiro do presidente e estava usando sua influência para criar a ATCU com um objetivo obscuro por trás. E nisso a própria Rosalind foi enganada. Ao descobrirem a verdade eles se unem novamente para tirar Bobby e Hunter do local. Mas como vai ficar a relação entre ela e Coulson? Será que a partir de agora eles irão confiar um no outro?

aos-s03e08-foto1

Simmons/Fitz um casal almadiçoado

No meio de toda essa confusão ainda tivemos tempo para acompanhar mais um pouco da trama envolvendo Simmons e Fitz. Talvez essa seja a única trama dessa temporada que está um pouco mais arrastada. Mas essa faz um pouco mais sentido já que a relação entre eles vem sendo desenvolvida aos poucos desde o início do seriado. Aqui eles chegam a brilhante conclusão de que são tipo um casal almadiçoado após rolar um beijo entre os dois.

Aqui vale citar novamente que o trabalho dos atores é muito bom e eles conseguiram desenvolver seus personagens num nível bem interessante criando uma relação muito boa entre eles. Esse conflito pode estar um pouco “enrolado”, mas a situação é mesmo bastante complicada. Afinal de contas eles só tomam coragem de dizer o que sentem um para o outro em situações extremas.

Mas apesar da situação eles conseguem achar novas pistas nos símbolos encontrados no local que tinha o portal do monolito e no traje de Will, que teoricamente era da NASA. Parece que tem relação com a HYDRA e eles usavam o portal para “sacrificar” pessoas. Então agora posso comentar também que Malick mostrou para Ward um pedaço do monolito que ele tinha escondido no cofre e seu interesse em controlar aquilo. Afinal de contas a S.H.I.E.L.D. conseguiu tirar alguém da “zona fantasma”.

aos-s03e08-foto3

 

Cena escondida

Essa semana não tivemos um grande gancho para o próximo episódio, mas já temos algumas pistas de para onde o seriado vai caminhar. Tudo indica que o monolito vai voltar a ser destaque. E junto com isso ainda temos Ward encontrando com Dr. Garner/Lash mostrando sua intenção de descobrir como fazer para Garner liberar sua “fúria” e poder ser usado como arma. O final da 1ª parte da temporada está chegando, temos apenas mais 2 episódios antes do intervalo e eles prometem bastante. Cenas dos próximos capítulos.


Série: Agents of S.H.I.E.L.D.
Temporada: 3ª
Episódio: 08
Título: Many Heads, One Tale
Roteiro: Jed Whedon e DJ Doyle
Direção: Garry A. Brown
Elenco: Clark Gregg, Chloe Bennet, Iain De Caestecker, Elizabeth Henstridge, Nick Blood, Adrianne Palicki, Henry Simmons e Luke Mitchell
Exibição original: 17 de Novembro de 2015 – ABC

One thought on “Review | Agents of S.H.I.E.L.D. – 3×08: Many Heads, One Tale”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *