Review | The Last Kingdom – 1×04: Episode 4

Enquanto no episódio anterior Uhtred teve que fazer uma difícil escolha, no quarto episódio de The Last Kingdom ele recebe um “presente de grego” e é posto à prova por Alfredo.

Aviso de SPOILERS

Atenção, os comentários abaixo revelam alguns dos acontecimentos presentes em ‘Episode 4’, o 4º episódio da 1º temporada de The Last Kingdom.


Em “Episode 4″ (podiam criar títulos mais criativos para os episódios…) são adaptados os eventos da segunda metade do livro encaminhando a série para o desfecho de O Último Reino. Tivemos eventos interessantes e tudo acontece mais ou menos da mesma forma. É fato que o aspecto temporal está bem acelerado, mas em uma adaptação desse tipo coisas assim são necessárias e então um inverno vira um mês, um mês vira alguns dias e assim por diante.

Logo no início do episódio temos um reforço na animosidade entre Odda – O Jovem e Uhtred. Odda é nojentinho e acho que o da série consegue passar isso bem.

Uhtred não consegue se esquivar e os preparativos para o seu casamento são rapidamente arranjados e, mesmo sem ter o direito de ver a noiva antes de casar, ele segue para o altar. Que grata surpresa quando Mildrith tira o capuz e se revela uma bela moça! Casamento realizado, Uhtred parte com sua esposa e Leofric para as terras que recebeu através do casamento e durante a viagem começa a se perguntar por que lhe arranjaram um moça tão bela e, principalmente, por que uma moça assim ainda estava solteira! É então ele descobre que Alfredo aprontou uma verdadeira ~pegadinha do malando~ com ele.

Bom, no fim da contas apesar de ficar furioso ele bem que gosta da esposa que recebeu e logo a passagem de tempo mostra uma Mildrith gravidíssima.

Nada dura para sempre. Os dinamarqueses são vistos em Wessex e rapidamente Uhtred está reunido com Alfredo e o conselho para discutir o fim da paz. Odda – O Jovem está lá e aprende com Uhtred que quem fala o que quer, ouve o que não quer… 😛 Acho que se o Uhtred dos livros não fosse tão superior, eu estaria gostando mais desse da série, ele tem melhorado.

Conselho reunido, descobrimos que a fortaleza de Wareham foi tomada pelos dinamarqueses, liderados por Guthum, e Alfredo decide sitiá-la. Ficamos sabendo que Ivar (sim, ele foi finalmente citado!), o irmão de Ubba, foi morto e por isso Ubba partiu em busca de vingança e deixou Guthum sem apoio.

Por isso, Guthum parte para negociar uma trégua com Alfredo e consegue um mês de alimentos em troca de sua partida de Wessex ao fim do prazo. Reféns são trocados e Uhtred é enviado entre eles com a tarefa de descobrir quando Ubba tiver retornado e escapar para avisar as tropas de Wessex. Claro, que isso é um grande teste que Alfredo impõe a Uhtred. Uma tarefa arriscada e que quase certamente levará à morte.

Essa nova invasão dinamarquesa e a negociação com o Rei Alfredo realmente aconteceram, são fatos reais reescritos pelo autor dos livros e encenados na série de TV. Isso que eu acho mais legal em romances históricos, colocar personagens fictícios em situações reais, nesse ponto a série não tem decepcionado. Mesmo quando reclamei das alterações de eventos ou períodos, eu sabia que no fundo isso não importava porque fazia parte da ficção. A partir do momento que começam a ser retratados eventos reais, a série se alinha com os livros e nos brinda com cenas e diálogos que de uma forma ou de outra realmente aconteceram. Estou curtindo muito.

Dentro da fortaleza, Uhtred reencontra Ragnar e Brida e mais uma vez é tentado a mudar de lado. Sentimentos conflituosos passam pelo seu coração, mas mesmo reafirmando a Ragnar que ele será sempre seu irmão, ele mantém seu juramento e permanece ao lado dos saxões. É bonito ver como Ragnar, mesmo sem aceitar, compreende essa decisão e no momento do sufoco salva seu irmão.

É… Ubba está chegando e, graças a Ragnar, Uhtred escapa da morte certa e corre para dar o alarme. E assim, no fim do episódio Uhtred acende a fogueira sinalizadora e observa o mar de navios que se aproxima.

Tudo indica que teremos um grande confronto no próximo episódio, provavelmente algo como o fim do primeiro livro.

Será que finalmente teremos uma batalha de verdade???

Eu adoro o jogo político, mas as batalhas são o ponto alto dos livros e estão fazendo muita falta. Precisamos ver Uhtred sentido o Júbilo da Batalha!

Leitora, sonhadora e bacon lover. Tenho mais blogs do que consigo dar conta e mais livros do que consigo ler… 😉

5 thoughts on “Review | The Last Kingdom – 1×04: Episode 4”

  1. Realmente a criatividade com os títulos passou longe dessa série hein?

    Pra mim está ótimo acompanhar essa texto-novela por aqui pelos posts hehehe

    1. Hahaha! Eu só consigo escrever assim. Bem que tento fazer de outra forma, mas eu adoro ler reviews que comparam com os livros (tipo GoT) e ainda não encontrei jeito de fazer de outra forma.

      1. Eu quis me referir na verdade ao fato de eu apenas estar lendo seus posts sobre a série sem nem ter lido o livro ou assistí-la de fato.

        Pra mim está sendo o suficiente imaginar a história do titela

  2. É minha diferença para a maioria das pessoas, quando não gosto de uma coisa dificilmente mudo de opinião, não importa muito se eu me esforce para fazer isso. Em várias partes vejo o seu esforço para encontrar boas coisas e aprovar essa série aborto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *