Batman: O Retorno (1992)

Devido ao grande lucro gerado por Batman (1989), Tim Burton basicamente recebeu carta branca para fazer o que bem entendesse com Batman: O Retorno (1992) e o resultado foi um filme que foge um pouco das características do herói, mas que apresenta um visual marcante e personagens bem peculiares. A Gotham City criada por Burton é sombria, bizarra e fascinante de se olhar. Os detalhes exagerados estão por toda a parte. Como esquecer os cenários quase expressionistas ou os objetos malucos? Isso sem falar em algumas cenas específicas, como aquela sinistra reunião de pinguins.

É uma pena que o visual se sobreponha a história ainda mais intensamente do que no primeiro filme. Aqui acompanhamos o surgimento de Pinguim e da Mulher Gato. Pinguim monta um esquema para tomar o poder da cidade, usando de diversos artifícios, até mesmo tentando conquistar o povo pela sua história trágica e seu suposto carisma. Há quem elogie bastante a atuação de Danny DeVito, o que não é o meu caso. Para mim, trata-se de um personagem irritante e nada ameaçador. A maquiagem merece elogios, mas só. Já á Mulher Gato são outros quinhentos. Michelle Pfeiffer conquistou vários cuecas de plantão com sua roupa de couro e seu estilo felino, além de construir uma ótima química com Michael Keaton.

Batman: O Retorno diverte com suas situações absurdas, seu humor pouco convencional e encanta em termos aspectos visuais. Como adaptação dos quadrinhos, fica devendo. A trama pouco inspirada não consegue nos deixar realmente investidos no que estamos vendo. E também há um excesso de vilões, o que quase nunca traz benefícios. Mas se pensarmos nas péssimas continuações dirigidas por Joel Schumacher, podemos pegar mais leve com os erros e enaltecer os acertos de Tim Burton.  

***Classificação***


Título original: Batman Returns  batman-returns-1
Ano: 1992
Duração:  126 minutos
Diretor: Tim Burton
Roteiro: Daniel Waters
Gênero: Ação
Elenco: Michael Keaton, Danny DeVito, Michelle Pfeiffer
Info: IMDb

 


 


 

Fã de sci-fi que gosta de expor suas opiniões por aí! Oinc!

3 thoughts on “Batman: O Retorno (1992)

  1. Vou ser polêmico e dizer que os filmes de Joel Schumacher ao menos são honestos e se reconhecem enquanto galhofa.
    Os dois de Tim Burton são uma galhofa travestida de coisa séria que não consegue ser uma coisa nem outra. Um bacon já é muito para eles.

    1. Porra, esse comentário foi mais polêmico do que dar 2 bacons para Willow.
      Eu gosto muito dos Batman de Tim Burton, mas como fã do personagem diria que são bons filmes de Burton e não bons filmes do Batman.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *