The Flash: Jay Garrick é definido como um personagem “quebrado”, por produtor.

Em recente rodada de perguntas e respostas ao site Entertainment Weekly o Produtor Executivo de “The Flash”, Andrew Kreisberg insinuou que o Jay Garrick (Teddy Sears) que apareceria na segunda temporada da série de TV talvez possuísse um passado sombrio e uma personalidade um tanto quanto diferente da personalidade clássica do primeiro velocista da DC Comics.

Kreisberg utilizou a palavra “broken” (quebrado) para definir Jay Garrick, o que pode indicar que o personagem que encontraremos na segunda temporada do seriado de TV do velocista escarlate deve vir carregado de uma carga dramática um tanto quanto mais densa do que a sua contraparte nos quadrinhos. É bem possível que o adjetivo tenha relação com a trama da segunda temporada que, ao que tudo indica, pode envolver universos paralelos e linhas do tempo alternativas, e uma indicação de que o personagem possa ser um velocista de uma outra Terra a qual deve ter pago um alto preço por conta do fracasso de seu herói.

Nos quadrinhos Jay Garrick  é um personagem da chamada Era de Ouro e foi primeiro velocista a utilizar o nome de Flash. O personagem foi criado em 1940 pelo escritor Gardner Fox e pelo ilustrador Harry Lampert. O personagem também é um membro fundador da Sociedade da Justiça da América – que é referenciada no seriado de TV na escultura na parede da delegacia de Central City.

Teddy Sears será Jay Garrick na segunda temporada de The Flash.

Quando Jay Garrick ressurge após Era de Prata – período marcado pelo surgimento de novos heróis como o Flash (Barry Allen), Superman, Batman, Lanterna Verde e pela formação da Liga da Justiça – ele passa a ser chamado no Brasil de Joel Ciclone – tradução do nome em inglês original do personagem que o mesmo recebeu quando estreou aqui no Brasil – para diferencia-lo de Barry Allen. Muitas vezes nos quadrinhos, contudo, ele ainda é referido como o “Flash original”. No período Pós-Crise nas Infinitas Terras, mais especificamente na década de 90, Jay Garrick retornou à ativa junatmente com a Sociedade da Justiça da América, e passou a assumir um papel de uma espécie de mentor para o segundo Flash, Wally West.

Se a referência aos quadrinhos for de alguma valia, é bem provável que o personagem Jay Garrick, na nova temporada do seriado de televisão, ocupe o lugar do personagem Harrison Wells como uma espécie de mentor de Barry Allen (Grant Gustin), auxiliando-o a desenvolver ainda mais as suas habilidades; talvez para ajudar que o velocista escarlate impeça que a Terra deste sucumba ao mesmo destino da Terra da qual ele se origina.

The Flash retorna com episódios inéditos a partir de 6 de Outubro nos EUA, pelo canal CW.

Quadrinista e escritor frustrado (como vocês bem sabem esses são os “melhores” críticos). Amante de histórias de ficção histórica, ficção científica e fantasia, gostaria de escrever como Neil Gaiman, Grant Morrison, Bernard Cornwell ou Alan Moore, mas tudo que consegue fazer mesmo é mestrar RPG para seus amigos nerds há mais de vinte anos. Nas horas vagas é filósofo e professor.

One thought on “The Flash: Jay Garrick é definido como um personagem “quebrado”, por produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *