Spotify vs Apple Music: qual o melhor?

Ano passado eu resolvi começar a usar o Spotify para ouvir música quando o serviço de streaming de música chegou ao Brasil. O plano Premium dele permite salvar a música para ouvir offline tanto em dispositivos móveis (celular, tablet e afins) quanto em computadores.

Eu ouço bastante música e sou daqueles que ainda compra cds (mas ultimamente só tenho comprado das bandas que eu gosto muito e que tenho a discografia completa para manter a coleção). Acho o preço de música digital meio caro, algo em torno de 10 Dólares por álbum (preço médio no iTunes). O preço de um serviço de música online é algo mais justo e o Spotify custa R$ 14,90. Considerando que somente esse ano eu já ouvi uns 70 discos novos, se tivesse comprado todos teria gasto uns 700 Dólares. Estamos em Setembro, então gastei pelo Spotify R$ 134,10 (14,90 por 9 meses). Ou seja, vale bem mais a pena. Ainda mais que desses discos não são muitos que irei ouvir muitas vezes.

Se você é do tipo que gosta de ouvir novos discos, tanto das bandas que você gosta tanto quanto de conhecer novos artistas um serviço desses como o Spotify vale bastante a pena. É uma ótima maneira de ouvir música de maneira prática e legal.

Existem vários serviços concorrentes do Spotify como o Rdio, Deezer e mais recentemente chegou o Apple Music dando 3 meses grátis para teste. Resolvi então fazer um pequeno comparativo entre o Apple Music e o Spotify como usuário, nada muito técnico.

Acervo

Aparentemente o ambos os serviços tem acervos bastante parecidos, mas uma coisa tem me irritado bastante no Apple Music que são alguns discos que não podem ser ouvidos. Por exemplo, você procura por Smashing Pumpkins, mas só alguns discos podem ser escutados. Isso é muito bizarro! Não sei se após os 3 meses grátis isso vai mudar. Outro problema é que um dos motivos de eu ter assinado o Spotify foi para poder ouvir os discos novos e geralmente eles tem chegado antes nele do que no Apple Music. Então nesse quesito o Spotify ganha.

Músicas offline

Um dos problemas do Spotify é que existe um limite de músicas que você pode salvar no seu perfil. Esse número mágico é 3333 músicas. Para mim isso é pouco. Gosto de andar com todos os discos das minhas bandas favoritas salvas no celular e dessa forma isso fica complicado. Muitas vezes quero salvar algum disco novo e tenho que apagar algum antigo para poder caber. Parece que no Apple Music esse limite não existe. Então nesse ponto ele ganha.

Preço

O Spotify está R 14,90 enquanto o Apple Music está por 5 dólares, preço inclusive mais baixo que nos EUA especialmente para o Brasil e alguns outros países. Com o Dólar acima dos 3 Reais ele acaba saindo mais caro. Ele só fica melhor no plano família que sai por 8 Dólares e pode ser compartilhado por até 6 pessoas. No Spotify a cada nova pessoa na sua conta ela fica com 50 % de desconto. Então aqui fica um empate. Se for individual o Spotify fica mais em conta, mas se for compartilhar aí o Apple Music fica mais barato.

Diferenciais

Agora com a entrada da Apple no mercado de streaming de música fez com que os concorrentes corressem atrás de diferenciais. O Spotify tem investido bastante nisso. Tem o Spotify Running que sugere músicas de um determinado gênero musical para corrida de acordo com o seu ritmo. Surgiu agora uma playlist gerada automaticamente toda semana de sugestões de músicas baseado no que você tem ouvido. Isso é bem interessante para quem conhecer coisas novas. Por enquanto a Apple ofereceu 3 meses de graça, que o Spotify rebateu oferecendo 3 meses por R$ 1,99 cada mês, e tem umas coisas tipo sugerir playlists baseado em artistas que você informa que gosta. Tem também a rádio Beats1, mas dei uma escutada e não vi muita graça. Ainda é pouco, mas com o serviço é novo pode ser que eles possam investir nisso. Tem também a questão da restrição de plataforma, já que o Apple Music só está disponível nos aparelhos da empresa (no iPhone mesmo só a partir da versão 4S), mas parece que em breve deve rolar versões para Android e Windows. Vamos aguardar. Então nesse quesito o Spotify está ganhando e está disponível em mais plataformas.

Veredito

Bom, apesar da limitação do número de músicas salvas por enquanto eu estou preferindo o Spotify porque o meu maior interesse é em ouvir os discos novos e nisso o serviço da Apple tem deixado a desejar (talvez para não concorrer muito com as vendas do iTunes). Ainda tenho uns 1 mês do Apple Music para testar, então continuarei avaliando. Se tiverem alguma outra dúvida deixa aí um comentário que eu tentarei responder.

Analista de sistemas nascido em Salvador (BA) em 1980, mas atualmente morando em Brasília (DF). Cinema é sem dúvidas o meu hobby favorito. Assisto a filmes desde pequeno influenciado principalmente por meus pais e meu avô materno. Em seguida vem a música, principalmente rock e pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *